Rússia comemora Dia da Vitória sob a sombra do coronavírus | DW Brasil | Notícias e análises do Brasil e do mundo | DW | 24.06.2020
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

Rússia comemora Dia da Vitória sob a sombra do coronavírus

[Vídeo] Desfile em memória dos 75 anos do triunfo soviético na Segunda Guerra deveria ter ocorrido em 9 de maio e foi postergado devido à pandemia. Enquanto Putin aproveita o evento para evocar sentimentos patrióticos, o país registra mais de 600 mil casos de covid-19.

Assistir ao vídeo 02:26

A Rússia comemorou nesta quarta-feira (24/06) seu maior feriado: o Dia da Vitória. O tradicional desfile militar na capital deveria ter ocorrido em 9 de maio. Vladimir Putin adiou relutantemente a celebração anual devido à pandemia de coronavírus. Houve um afrouxamento das regras de isolamento em Moscou neste mês, mas reuniões de massa teoricamente continuam proibidas. Os soldados participantes tiveram que entrar em quarentena antes do desfile.

O evento deste ano é estrategicamente importante para Putin, pois em uma semana serão votadas emendas constitucionais que poderão abrir caminho para sua permanência no poder após 2024, quando termina seu atual mandato. Mais uma vez, o presidente aproveitou o desfile na Praça Vermelha para evocar sentimentos patrióticos.

Enquanto isso, o número de infectados pelo coronavírus no país ultrapassa os 600 mil. A Rússia tem o terceiro maior número absoluto de casos de coronavírus, depois dos EUA e do Brasil.