Queda drástica dos lucros no Commerzbank | Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 04.02.2002
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Queda drástica dos lucros no Commerzbank

Altos custos de reestruturação, créditos de risco e o desaquecimento da conjuntura levaram a uma drástica queda dos lucros do Commerzbank. Eles diminuíram 93%, caindo de 1,342 bilhão de euros, em 2000, para 92 milhões de euros, no ano passado. Mesmo assim, o quarto banco alemão superou as expectativas dos analistas, que contavam apenas com 74 milhões de euros. Em função da diminuição, os acionistas receberão apenas 0,40 euro por ação, a metade do dividendo previsto inicialmente.

As causas - Para 2002 o Commerzbank espera "uma notória melhora" dos seus negócios e do lucro. O banco anunciou o fechamento de cerca de 100 agências e o corte de 3.400 empregos para reduzir os custos. Essa reestruturação representou um saldo negativo de 383 milhões de euros no balancete.

A fraca conjuntura também deixou suas marcas. Ao que tudo indica, muitas empresas tiveram dificuldade em pagar pontualmente a amortização de seus créditos. Por essa razão, o Commerzbank aumentou a provisão de risco de 685 milhões de euros par 935 milhões de euros.