1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Italien | Kleinflugzeug stürzt in ein Gebäude in  San Donato Milanese
Prédio atingido pelo avião pegou fogoFoto: Flavio Lo Scalzo/REUTERS
SociedadeItália

Queda de avião deixa oito mortos na Itália

3 de outubro de 2021

Aeronave de pequeno porte caiu poucos minutos após decolagem e atingiu prédio nos arredores de Milão. Dois tripulantes e seis passageiros morreram.

https://www.dw.com/pt-br/queda-de-avi%C3%A3o-deixa-oito-mortos-na-it%C3%A1lia/a-59392321?maca=bra-rss-br-all-1030-rdf

Oito pessoas, incluindo piloto e copiloto, morreram neste domingo (03/10) na queda de um avião privado, na localidade de San Donato, nos arredores de Milão, segundo os bombeiros. A aeronave se chocou e devastou um edifício vazio de dois andares.

O pequeno avião, modelo Piper 28, caiu por volta de 13h10 (hora local), provocando também a morte dos dois tripulantes e seis passageiros, incluindo uma criança.

As autoridades informaram que estão investigando as causas que levaram o avião privado, que tinha acabado de decolar do aeroporto de Linate, na região metropolitana de Milão, com destino a Olbia, na ilha da Sardenha, a se chocar contra o prédio.

O edifício de dois andares, que pegou fogo após ser atingido pela aeronave, estava desocupado por causa de uma reforma, disse o prefeito de San Donato, Andrea Cecchi, ao canal Skytg24. As chamas foram extintas após intervenção dos bombeiros. Vários carros estacionados nas proximidades também ficaram destruídos.

Em 2002, Milão foi palco de outro acidente aéreo envolvendo uma aeronave de pequeno porte. Em abril daquele ano,  um avião modelo Rockwell Commander 112 se chocou contra a Torre  Pirelli, um enorme edifício de 32 anos que é um marco arquitetônico de Milão.

Na ocasião, o piloto e duas pessoas que estavam no edifício morreram. O episódio foi amplamente abordado pela imprensa por ocorrer poucos meses após os atentados do 11 de Setembro. No entanto, não surgiram provas de motivação terrorista . As causas do acidente ainda permanecem em aberto, com autoridades apontando um ato de suicídio do piloto - que tinha problemas financeiros - como explicação mais provável.

Poucos meses antes desse episódio, o aeroporto de Linate, que serve Milão, foi palco de um acidente entre dois aviões que colidiram em solo. A tragédia ocorrida em outubro de 2001 deixou 118 mortos. Na ocasião, um Cessna Citation II privado erroneamente entrou na pista principal do aeroporto e colidiu em cheio com um McDonnell Douglas MD-87 da Scandinavian Airlines que decolava.

jps (AP, ots, Lusa)