Queda de árvore deixa 12 mortos na Ilha da Madeira | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 15.08.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Portugal

Queda de árvore deixa 12 mortos na Ilha da Madeira

Vítimas participavam de tradicional romaria em homenagem à Nossa Senhora do Monte. Carvalho de 200 anos já dava sinais de que poderia cair. Governo decreta luto de três dias.

A queda de uma árvore de grande porte durante uma festividade religiosa deixou 12 mortos e mais de 50 feridos nesta terça-feira (15/08) na Ilha da Madeira, em Portugal. Entre as vítimas estão vários turistas, incluindo cidadãos da Alemanha, Hungria e França.

Portuga Madeira Tote bei Fest

Carvalho que caiu sobre fiéis na Ilha da Madeira, em Portugal

A árvore, um carvalho, caiu num local onde havia muitas pessoas que aguardavam o início da romaria de Nossa Senhora do Monte, maior festividade anual da ilha. A procissão ocorre de 14 a 15 de agosto e costuma atrair multidões para uma igreja na região de Funchal, capital da ilha. A maioria dos 250 mil habitantes da Ilha da Madeira é católica.

Imagens televisivas mostravam equipes de emergência trabalhando no resgate. Ambulâncias deixavam o local e trabalhadores cortavam partes do carvalho, caído sobre o chão. A árvore tinha cerca de 200 anos e já dera sinais de que poderia cair, afirmou a imprensa local.

O governo da Madeira decretou três dias de luto oficial. O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, expressou suas condolências às vítimas e a seus familiares em sua conta no Twitter. "Os meus sentimentos aos familiares e amigos das vítimas", disse.

Costa também manifestou solidariedade e disse ter oferecido ajuda aos governos de Funchal e da Madeira, disponibilizando apoio médico "face ao elevado número de vítimas".

PJ/dpa/ap/kna/afp

Leia mais