Quando a arte une o orgânico com o sintético | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 07.06.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Quando a arte une o orgânico com o sintético

A artista Claire Morgan faz esculturas suspensas que mesclam materiais naturais, como animais mortos, e artificiais.

Assistir ao vídeo 04:10

Claire Morgan é da Irlanda do Norte, mas vive na Inglaterra. As obras dela mesclam materiais orgânicos e sintéticos. Recentemente, ela criou uma baleia flutuante de quase 17 metros de comprimento usando 16 mil recortes de papel e fios. Além das enormes criaturas de papel, Claire também utiliza animais para ilustrar os contrastes e semelhanças entre o ser humano e a natureza: "No começo da faculdade de Artes eu já trabalhava com materiais orgânicos. E, para mim, animais que já estão mortos são exatamente isso: material orgânico. Só que eles têm um significado especial - porque nós também somos animais, portanto, há uma conexão imediata entre nós e outros seres vivos”, explica.