Primeiras notas falsas de euro na Alemanha | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 03.01.2002
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Primeiras notas falsas de euro na Alemanha

Criminosos se aproveitam do pouco contato com as notas de euro para tentar passar notas falsas no comércio.

default

Nota de 500 euros

Dois casos de notas de euro falsificadas já foram registrados na Alemanha, logo nos primeiros dias úteis de uso da moeda. O novo dinheiro também não inibiu a ação de ladrões de banco.

O primeiro caso aconteceu em Düren, no oeste da Alemanha, onde um homem de 34 anos de idade tentou pagar duas bebidas em um posto de gasolina usando uma xerox colorida de uma nota de 20 euros.

A balconista do local percebeu a falsificação e avisou a polícia. O homem já foi identificado e indiciado pela Justiça. Segundo a polícia, as notas de euro têm marcas de segurança que inibem a falsificação por fotocópia.

O segundo caso aconteceu numa casa de jogos próxima à cidade de Frankfurt. Um jovem com idade entre 25 e 30 anos trocou uma nota de 500 euros por 977,71 marcos para poder utilizá-los nos brinquedos eletrônicos.

Somente depois de efetuada a troca, a caixa da casa de jogos notou que o dinheiro tinha sido recortado do jornal. De acordo com a polícia, a única nota publicada no seu tamanho original foi a de 500 euros.

A pouca familiarização dos europeus despertou a atenção dos bandidos para este tipo de crime, afirmou Dietmar Thiele, diretor do departamento de dinheiro falso do Banco Central alemão.

Na opinião de Thiele, as novas notas de euro estão entre as mais seguras do mundo, mas os bandidos vão tentar se aproveitar do período de transição para confundir os comerciantes.

O primeiro dia útil do euro também foi marcado por dois assaltos a bancos no sul da Alemanha. Um aconteceu em Munique, onde o gerente do banco conseguiu prender o ladrão numa sala da agência. Quando a polícia chegou, o assaltante havia escapado por uma janela.

O segundo caso foi mais bem sucedido para os bandidos, dois criminosos renderam um funcionário de uma agência em Rettenbach, tiveram acesso ao cofre e levaram alguns milhares de euros.

Links externos