Pesquisa confirma ascensão de Macron | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 09.03.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Pesquisa confirma ascensão de Macron

Levantamento coloca pela primeira vez ex-ministro à frente de Marine Le Pen no primeiro turno das eleições presidenciais. Em duelo final, ele também levaria vantagem, por ampla margem.

Macron aparece pela primeira vez como favorito para vencer o primeiro turno das eleições presidencias no dia 23 de abril

Macron aparece pela primeira vez como favorito para vencer o primeiro turno das eleições presidencias no dia 23 de abril

O ex-ministro da Economia e dissidente do Partido Socialista Emmanuel Macron apareceu pela primeira vez como favorito para vencer o primeiro turno das eleições presidenciais na França, marcado para o dia 23 de abril.

Uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira (09/03) pelo instituto Harris Interactive aponta que o candidato centrista conseguiria 26% dos votos no primeiro turno, superando a candidata populista de direita Marie Le Pen, que viria logo atrás, com 25%.

No levantamento anterior, divulgado há duas semanas, Macron tinha 20% das intenções de voto, enquanto Le Pen tinha os mesmos 25% atuais. Nas últimas semanas, o candidato recebeu apoio de personalidades políticas de centro e até mesmo do Partido Socialista.

O conservador François Fillon, do partido Os Republicanos, cuja candidatura foi fortemente abalada por um escândalo de corrupção, receberia, segundo a pesquisa, 20% das intenções de voto. Ele é acusado de criar empregos fantasma para sua esposa, Penelope Fillon, e dois de seus filhos.

Atrás de Fillon estão Benoît Hamon, do Partido Socialista (13%), o líder da esquerda radical Jean-Luc Mélenchon (12%) e o defensor da soberania Nicolas Dupont-Aignan (3%).

Segundo o Instituto Harris Interactive, Macron conseguiria uma ampla vitória no segundo turno, marcado para o dia 7 de maio, obtendo 65% dos votos, ou seja, 5% a mais do que o registrado no levantamento anterior. Le Pen ficaria com cinco pontos a menos do que indicava a última pesquisa, caindo para 35%.

Resultados divergentes

Entretanto, outra pesquisa realizada pelo instituto Cevipov para o jornal francês Le Monde – considerada por muitos como mais precisa em razão de coletar amostras maiores entre os eleitores – coloca Macron atrás de Le Pen no primeiro turno, mas também vencendo a candidata populista por ampla margem na segunda rodada das eleições.

Segundo a pesquisa realizada mensalmente, Le Pen teria 27% dos votos no primeiro turno, subindo um ponto em relação ao mês anterior, enquanto Macron se mantém estacionado nos 23%. Fillon teria 19,5% dos votos. No segundo turno, o centrista venceria com 62% dos votos contra 38% da direitista.

Outra pesquisa divulgada pela revista L'Obs afirma que 64% dos franceses estão incomodados com a possibilidade de Le Pen chegar ao segundo turno, o que justificaria as previsões de derrota por grande diferença de votos.

RC/efe/rtr

Leia mais