Partido de Merkel sofre novo revés histórico em eleição regional | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 18.09.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Partido de Merkel sofre novo revés histórico em eleição regional

CDU obtém apenas 18% dos votos na cidade-Estado de Berlim e deve deixar o governo local. AfD passa dos 11% e entra em mais um parlamento regional, totalizando dez. Sociais-democratas são os mais bem votados, com 23%.

O Partido Social-Democrata (SPD) venceu a eleição na cidade-Estado de Berlim com 23% dos votos, segundo resultados preliminares divulgados pelas emissoras de televisão da Alemanha no início da noite deste domingo (18/09).

Já a União Democrata Cristã (CDU), partido da chanceler federal Angela Merkel, obteve o seu pior resultado na capital, com apenas 18% dos votos. A CDU repete, assim, o mau desempenho da eleição em Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental, quando também amargou o seu pior desempenho num estado alemão.

Tanto SPD como CDU registraram quedas de 5,2 pontos percentuais em relação à eleição berlinense anterior, de 2011, segundo os resultados preliminares.

Os prognósticos indicam ainda que o partido Alternativa para a Alemanha (AfD) alcançou entre 11,5% e 12,5% dos votos e entrará pela primeira vez no parlamento da cidade-Estado. A AfD já está, assim, em dez dos 16 parlamentos estaduais alemães.

O Partido Verde deve ficar com 16,5% dos votos, e A Esquerda deve conquistar de 15,5% a 16,5%. O Partido Pirata não conseguiu os 5% necessários e deixará o parlamento. Já os liberais do FDP devem retornar, com 6,5% dos votos.

Com esses resultados, o SPD será obrigado a formar uma nova coalizão, já que a união atual, com a CDU, não basta mais para obter a maioria no parlamento. O mais provável é uma aliança dos sociais-democratas com os verdes e A Esquerda.

AS/dpa/ard

Leia mais