Para a imprensa europeia, Brasil se reafirma como favorito ao título | Fique informado sobre tudo o que acontece na Copa do Mundo | DW | 29.06.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Para a imprensa europeia, Brasil se reafirma como favorito ao título

Publicações especializadas em esporte ficaram impressionadas com o desempenho da seleção brasileira na vitória por 3 a 0 contra o Chile, que consideram demonstração de força à altura da tradição do futebol do país.

default

Estratégia de Dunga funcionou e foi elogiada

Durante a primeira fase da Copa do Mundo, muito se discutiu sobre o estilo de jogo da seleção brasileira. Tanto no Brasil quanto na Europa, boa parte da imprensa não se mostrava convencida pelo futebol apresentado. No entanto, a vitória por 3 a 0 sobre o Chile nas oitavas de final deu uma prova do potencial deste time.

Na Alemanha, as publicações especializadas em esportes consideraram que o Brasil se reafirmou como um dos principais favoritos. "Grande comemoração entre os brasileiros! Eficiente, com sangue frio – e implacável: com só um sopro do 'futebol-samba', o recordista em títulos mundiais chegou um passo mais perto da sexta conquista", escreveu o Sportbild.

WM 2010 Südafrika Achtelfinale - Brasilien gegen Chile

Brasil venceu o Chile com esta formação

"O Brasil avançou soberano às quartas de final da Copa de 2010 e com isto segue na corrida pelo título. A seleção se impôs merecidamente contra o Chile, que só no começo conseguiu desafiar o recordista de títulos mundiais, numa partida plenamente vistosa com um 3 a 0 e sublinhou sua ambição de ser campeão", disse o texto da Kicker.

"O Brasil sempre é de confiança"

Os elogios do resto da Europa foram ainda maiores. Na Itália e na Espanha, foi exaltado o fato de que o Brasil venceu com o mesmo estilo de jogo pelo qual vinha sendo criticado na primeira fase.

"Brasil, que lição ao Chile! Três gols, velocidade, potência...", impressionou-se a italiana Gazzetta dello Sport. "A equipe de Bielsa [Marcelo Bielsa, técnico do Chile] tentou fazer valer sua técnica, mas a força física dos homens de Dunga faz a diferença", acrescentou.

Já o espanhol Marca deu a seguinte manchete: "No Brasil sempre dá para confiar". O jornal elogiou a objetividade da seleção brasileira. "O Brasil sabe duas coisas: pelo que joga e que jogando assim pode ganhar a Copa. Dunga voltou a sair vitorioso, fiel a seus ideais contra uma seleção chilena que não soube resistir à pegada da seleção canarinho", elogiou o Marca.

O texto lembrou ainda que a Espanha, uma das favoritas para conquistar o torneio, teve dificuldades para vencer o Chile por 2 a 1, na fase de grupos. "Nunca há duas partidas iguais, mas a verdade é que a Espanha custou muito mais a dobrar o Chile. Se as comparações sempre parecem detestáveis, com o Brasil, mais ainda", escreveu o jornal.

Südafrika WM 2010 Fußball Niederlande gegen Slowakei

Sneijder (10) marcou o 2º gol da Holanda contra a Eslováquia

Quartas de primeira

A versão online da revista inglesa Four-Four-Two também exaltou a seleção que "demoliu" o Chile, mas preferiu destacar o grande jogo que haverá nas quartas de final. "Brasil marca duelo contra a Holanda ao vencer o Chile", foi a manchete. De alguma forma, os demais jornais já citados também abordaram o assunto.

A seleção holandesa tem Sneijder, da Inter de Milão, e Robben, do Bayern de Munique, que estiveram entre os principais destaques na temporada europeia, e venceu todos os jogos que fez até agora na Copa do Mundo. O confronto entre dois dos principais favoritos será nesta sexta-feira (02/07) em Port Elizabeth.

Autor: Tadeu Meniconi

Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais