Outubro em Berlim | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 11.10.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Outubro em Berlim

Ruas da capital alemã ficam repletas de instalações durante o festival "Berlim Brilha" e Portão de Brandemburgo é coberto por imagem da queda do Muro de Berlim.

Assistir ao vídeo 01:57
Ao vivo agora
01:57 min

Em comemoração ao Dia da Unidade Alemã, em 3 de outubro, um retrato da queda do Muro de Berlim encobriu a fachada do Portão de Brandemburgo. A foto retrata o fim da divisão física da cidade, em novembro de 1989. Ela é uma das poucas imagens da perspectiva da então Berlim Oriental. 

A instalação é obra do artista francês JR, conhecido pelos trabalhos de grandes proporções que cobrem superfícies e monumentos com imagens ampliadas. Em 2017, por exemplo, ele camuflou a pirâmide em frente ao Louvre com uma fotografia gigante da fachada do próprio museu.

E outubro também é o mês em que Berlim literalmente reluz. Ao longo de duas semanas, a cidade é iluminada com cerca de 70 instalações durante o festival “Berlin leuchtet”, “Berlim brilha”. O tema deste ano é “Licht aktiviert”, “Luz ativa”. A ideia é motivar o público a se engajar em temas sociais, como o combate à desigualdade.