Ostereistedt, destino dos fãs do Coelho da Páscoa | Conheça os destinos turísticos mais famosos da Alemanha | DW | 07.04.2007

Conheça a nova DW

Dê uma olhada exclusiva na versão beta da nova DW. Sua opinião nos ajudará a torná-la ainda melhor.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Turismo

Ostereistedt, destino dos fãs do Coelho da Páscoa

Ostereistedt cultiva costumes simbólicos e festivos da Páscoa. É nesta cidade que se localiza o único correio pascal da Alemanha. Já o primeiro Museu de Coelhos da Páscoa fica em Munique.

Aqui mora o Coelho da Páscoa

Aqui mora o Coelho da Páscoa

A Páscoa – que ao lado do Natal é a mais importante festa religiosa do Cristianismo – está integrada à vida de um lugarejo do norte da Alemanha: Ostereistedt. Embora seu nome tenha provavelmente outra origem, ele soa como "cidade do ovo da Páscoa". E o povoado tira proveito da semelhança.

Localizado no estado da Baixa Saxônia, o lugar com cerca de 980 habitantes oferece uma programação especial para as crianças no domingo de Páscoa.

O dia começa cedo, com um passeio pelo parque do coelho Hanni Hase, seguido pela busca de ovos de chocolate, espalhados e bem escondidos no bosque. A festa continua com passeios de pônei e brincadeiras para as crianças.

O parque não funciona apenas na Páscoa. Está aberto diariamente para visitas, atraindo moradores da região e turistas de outras partes. As crianças se encantam.

Endereço do coelho da Páscoa

Kind mit Osterhase

Coelho é um dos símbolos da Páscoa

Além disso, desde 1983, a equipe do Hanni Hase recebe e responde cartas de crianças do mundo inteiro nesta época do ano. Em 2006, o único correio alemão dedicado à Páscoa acumulou cerca de 31 mil cartas com pedidos ao coelhinho.

Segundo o "Coelho da Páscoa" e organizador do Hanni Hase, Hans-Herman Dunker, apesar de a maioria das crianças desejar ganhar ovos doces e coloridos, muitas pedem a paz no mundo.

A violência no mundo tem sido tema de várias cartas nos últimos meses, de acordo com Dunker. "As crianças registram em suas cartas o desejo de interrupção da desgraça que os terroristas vêm causando nos últimos anos", destaca.

Entretanto, a tendência de pedir doces, especialmente ovos de chocolate, vem caindo. Na lista de desejos, destacam-se presentes que costumam ser solicitados no Natal, como bonecas, bicicletas, computadores e jogos de videogame.

Leia mais

Links externos