″Os últimos Jedi″: o melhor ″Star Wars″ até agora | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 13.12.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cinema

"Os últimos Jedi": o melhor "Star Wars" até agora

Após dois anos de espera, fãs finalmente podem assistir ao oitavo episódio da saga. Elogiado pela crítica, filme conta com cenas de batalha espetaculares, mais profundidade e atuação de Carrie Fischer e Mark Hamill.

Quem é Rey (Daisy Ridley)? – uma das perguntas centrais de Os últimos Jedi

Quem é Rey (Daisy Ridley)? – uma das perguntas centrais de "Os últimos Jedi"

Sob a liderança do vilão Líder Supremo Snoke, a Primeira Ordem tornou-se poderosa demais e pretende dominar a galáxia. Os rebeldes, encabeçados pela general Leia Organa, fogem desesperadamente, tendo nos calcanhares a frota de Hux, o general de Snoke. Mas acabam por escapar, graças ao ousado piloto Poe Dameron.

Missão do general Hux (Domhnall Gleeson) é acabar com os rebeldes

Missão do general Hux (Domhnall Gleeson) é acabar com os rebeldes

No entanto, a caçada espacial segue sendo um empreendimento perigoso e caro. A Primeira Ordem mantém a vantagem – até que dois dos rebeldes saem em sua própria missão especial secreta.

Nesse meio tempo, a jovem Rey, que vive na inóspita ilha Ahch-To, tenta persuadir o último Jedi remanescente, Luke Skywalker, e ajudá-la e, consequentemente, ajudar os rebeldes. No processo, Rey também está buscando a própria identidade. Repetidamente ela se conecta mentalmente com Kylo Ren, outro vassalo do malvado Snoke e antigo discípulo Jedi. Inspirado por Darth Vader, ele se voltou para o lado mau da Força, porém Rey ainda acredita em sua bondade.

A estreia mundial de Star Wars: Os últimos Jedi, em 9 de novembro de 2017, em Los Angeles, encantou tanto os fãs quanto os críticos de cinema. O oitavo episódio, que já foi celebrado como o melhor da saga espacial, estreia no Brasil nesta quinta-feira (14/12).

Mantendo a tradição de se contratar os mais destacados cineastas de ficção científica, o diretor e roteirista Rian Johnson (Breaking Bad, Looper: Assassinos do futuro) é quem assina o novo episódio da saga, que já completou 40 anos.

Assistir ao vídeo 00:51

Joalheria japonesa lança máscara de Darth Vader feita de ouro

Mais uma vez, os fãs podem contar com espetaculares cenas de ação e batalha, no espaço e num planeta de paisagem inusitada e altamente impressionante. Como de costume, os diálogos espirituosos e as referências aos filmes anteriores farão a alegria dos iniciados. Outra atração são os porgs, animaizinhos extremamente divertidos: a Disney, que vem produzindo Star Wars desde 2012, deixou sua marca na franquia.

No entanto, Os últimos Jedi é mais profundo do que seu antecessor, O despertar da Força. Mesmo os momentos tranquilos são emocionantes, pois a Força voltou ao centro da trama, conferindo-lhe mais emoção e drama.

As personagens principais ganharam um perfil mais definido, sobretudo Rey (Daisy Ridley), que sente a atração da Força e até mesmo ousa procurar suas raízes no lado escuro. O papel do piloto Poe (Oscar Isaac) foi ampliado, como figura rebelde central, enquanto o ex-stormtrooper Finn (John Boyega) tem agora como aliada uma mulher forte, Rose (Kelly Marie Tran).

Poe Dameron (Oscar Isaac): garantia de ação e ousadia

Poe Dameron (Oscar Isaac): garantia de ação e ousadia

Rumo ao nono episódio

No geral, a presença feminina é mais destacada do que nos episódios anteriores. A icônica atriz Carrie Fisher (1956-2016), no papel da general rebelde Leia, é reforçada pela atuação de Laura Dern, como vice-almirante Holdo.

Assim como no Guerra nas Estrelas original, de 1977, a principal personagem masculina é Luke Skywalker (Mark Hamill). Bem mais velho, ele vive como ermitão numa ilha rochosa e voltou as costas para o resto da galáxia – estando, portanto, pouco disposto a ajudar Rey.

Porgs divertidos: a Disney deixou sua marca em Star Wars

Porgs divertidos: a Disney deixou sua marca em "Star Wars"

Não há um único momento de tédio nas duas horas e meia do filme: a trama contém diversas reviravoltas inesperadas, prendendo continuamente a atenção do espectador. Ao fim, muitas perguntas ficam em aberto: claro, um novo episódio já está em planejamento.

Depois de ter dirigido o episódio número sete e atuado como produtor executivo do oitavo, J.J. Abrams (Lost) é quem escreverá e dirigirá o futuro Star Wars 9. Em entrevista à revista Rolling Stone, o especialista em ficção científica e mistério disse considerar o próximo filme da série uma maravilhosa oportunidade de concluir as histórias das personagens mais novas, Rey, Poe e Finn. A estreia do nono episódio está planejada para dezembro de 2019.

__________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados