Onda de calor assola Europa e número de mortes aumenta | Europa | DW | 23.07.2006
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Europa

Onda de calor assola Europa e número de mortes aumenta

As altas temperaturas do verão europeu preocupam as autoridades. Mortes por afogamento aumentam.

default

As altas temperaturas do verão europeu preocupam as autoridades. Em Berlim, uma empreiteira iniciou uma campanha publicitária com o lema "não se queime", distribuindo protetores solares aos trabalhadores nas obras. Mas não só o perigo de insolação preocupa o país em tempos de calor excessivo.

Falta de precaução

O número de acidentes em lagos, rios e piscinas aumentou também sensivelmente. Segundo informa o semanário Der Spiegel, até fins de junho haviam sido registradas 250 mortes por afogamento no país, um número bemmais alto do que os 175 no mesmo período do ano anterior.

Somente na última sexta-feira (21/07), seis pessoas morreram na Alemanha ao tomarem banho de rio ou nadarem em lagos. Equipes de salva-vidas creditam o aumento no número de vítimas à falta de precaução em relação ao calor.

Beirando os 40 graus

Na França, o governo alertou a população a tomar cuidado com o sol, mencionando as mortes dos últimos dias que chegam a 22. Na Áustria, um motorista alemão de caminhão morreu de ataque cardíaco na cabine de seu veículo, num dia em que os termômetros registravam nada menos que 37 graus. Na Itália, o estado também é de alerta, com temperaturas atingindo os 40 graus.

Links relacionados:

Leia mais