O que faz o órgão da Filarmônica do Elba ser tão especial | Programa semanal sobre cultura e arte contemporânea | DW | 04.04.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Camarote.21

O que faz o órgão da Filarmônica do Elba ser tão especial

Iveta Apkalna, organista titular da renomada Filarmônica do Elba, em Hamburgo, explica as particularidades do instrumento.

Assistir ao vídeo 04:03

O Órgão da Filarmônica do Elba tem quase cinco mil tubos divididos em 69 registros sonoros ou timbres. Ao contrário da maioria dos outros órgãos, em que a pressão do ar é estável, no da Filarmônica ela é variável. Assim é possível alterar o tom do instrumento. Este é apenas um de seus muitos recursos sonoros. 

Iveta Apkalna é a organista titular da renomada Filarmônica do Elba, em Hamburgo, desde a inauguração do local, em 2017.