O Brasil na imprensa alemã (11/03) | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 11.03.2020
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Brasil

O Brasil na imprensa alemã (11/03)

Fuga de cientistas brasileiros que recebem ameaças de morte, exportações ilegais de madeira tropical e a prisão de Ronaldinho em Assunção foram os temas destacados pelos jornais alemães.

Ronaldinho detido em Assunção do Paraguai devido a documentos falsos

Ronaldinho detido em Assunção do Paraguai devido a documentos falsos

Der Tagesspiegel – Os pesquisadores ameaçados do Brasil, 09/03/2020

Fugindo do presidente de extrema direita: cada vez mais cientistas se veem obrigados a deixar o país.

"A democracia e a ciência estão ameaçadas no Brasil. Não tenho nenhuma dúvida disso", diz Débora Diniz. Por questões de segurança, a antropóloga e jurista, que trabalha como professora na Universidade de Brasília, prefere não revelar seu paradeiro atual. Em meados de 2018, a pesquisadora, que também atua no Instituto de Bioética Anis, deixou o Brasil – depois de ameaças de morte a ela e sua família. De lá para cá, muitos de seus colegas e também o reitor da universidade foram ameaçados.

Os ataques não pararam nem mesmo com sua "fuga".

Ela pesquisa sobretudo sobre o tema aborto; e diz que tampouco se sente segura no exterior. A pesquisadora faz parte de uma nova geração de exilados brasileiros, um grupo que inclui políticos, escritores, cientistas e outros especialistas. Todos deixaram o Brasil devido a ameaças de morte.

Frankfurter Allgemeine Zeitung – Brasil exporta madeira tropical ilegal, 09/03/2020

No ano passado, milhares de carregamentos de madeira tropical foram exportados do Brasil para o exterior sem autorização das autoridades ambientais brasileiras. Isso foi revelado pela agência Reuters, com base em duas fontes nas instâncias de controle. As exportações de madeira não autorizada chamaram a atenção das autoridades alfandegárias da Europa e Estados Unidos. Elas avisaram as autoridades brasileiras, que autorizaram as exportações de forma retroativa. Segundo um documento, um diretor do Ibama alterou a regulação para que nenhuma inspeção da madeira para exportação fosse necessária.

Süddeutsche Zeitung – Passaporte duplo, 09/03/2020

O ídolo do futebol brasileiro Ronaldinho está em prisão preventiva no Paraguai por causa de um passaporte falso. O advogado dele diz tratar-se de "idiotice".

Ronaldinho, de 39 anos, chegou ao Paraguai na semana passada. Ele deveria participar de uma ação de marketing para um cassino, seguida de um evento beneficente. O prefeito de Assunção havia saudado, no site da prefeitura, a visita do "convidado de honra". A nota sumiu do site, pois logo veio à tona que Ronaldinho apresentara, às autoridades aduaneiras no aeroporto de Assunção, um passaporte paraguaio falso que originalmente havia sido emitido em nome de uma mulher. Por quê?

O advogado de Ronaldinho, Adolfo Marín, garantiu que o ex-jogador dispõe de documentos brasileiros válidos. Por outro lado: há apenas alguns meses se fez troça por as autoridades brasileiras terem retirado o passaporte de Ronaldinho – e o governo do presidente fascistoide Jair Bolsonaro o ter nomeado, mesmo assim, embaixador do turismo em agradecimento ao apoio na campanha eleitoral de 2018. Seja como for, não se sabe por que Ronaldinho apresentou documentos paraguaios falsificados quando chegou a Assunção.

AS/ots

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube 
App | Instagram | Newsletter

 

Leia mais