Novos focos de gripe aviária na Alemanha | Europa | DW | 03.03.2006
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Europa

Novos focos de gripe aviária na Alemanha

A gripe aviária atingiu agora também uma grande cidade alemã. Em Mannheim, no centro do país, foi constatado nesta sexta-feira (03/06) o vírus H5N1 num pato selvagem morto.

A gripe aviária atingiu agora também uma grande cidade alemã. Em Mannheim, no sudoeste do país, nesta sexta-feira (03/06) foi constatado o vírus H5N1 num pato selvagem morto. Também em Wandlitz, a 20 quilômetros de Berlim, foi encontrada uma galinha d'água morta pelo vírus fatal.

Vogelgrippe erreicht Bayern

Um bombeiro de esquis controla uma área onde foram encontrados pássaros mortos no norte da Baviera

Na quinta-feira, um balanço feito pelo Ministério da Saúde havia chegado a 140 casos de aves mortas pelo vírus H5N1 no país. Também no Estado de Baden-Württemberg foram constatados mais casos de aves selvagens contaminadas. Duas semanas e meia após a descoberta do primeiro caso de gripe aviária no país, em cisnes na ilha de Rügen, no Mar Báltico, a situação começa a se normalizar no local. A ilha prossegue, no entanto, zona de observação e controle.

Neste final de semana, entram em vigor medidas de proteção mais rigorosas nas regiões onde a doença já se manifestou: cães e gatos não podem se aproximar mais de 10 quilômetros de áreas onde foram encontradas aves mortas. Já pessoas estranhas devem respeitar uma área de segurança de três quilômetros em volta de granjas.

Até agora não foi verificado nenhum caso de contaminação de ave doméstica na Alemanha. Além do gato morto em Rügen, na semana passada, nenhum outro mamífero foi contaminado com a doença.

Leia mais