1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Policiais nigerianos em veículo blindado.
Polícia nigeriana recapturou apenas parte dos detentos que fugiram durante o ataque à prisãoFoto: Olukayode Jaiyeola/NurPhoto/picture alliance
Leis e JustiçaNigéria

Nigéria: Gangue explode muro de prisão e liberta centenas

23 de outubro de 2021

Cerca de 800 presos conseguiram fugir, e mais de 200 deles foram recapturados pela polícia. É o terceiro ataque do tipo neste ano no país africano.

https://www.dw.com/pt-br/nig%C3%A9ria-gangue-explode-muro-de-pris%C3%A3o-e-liberta-centenas/a-59607146?maca=bra-rss-br-all-1030-rdf

Uma gangue de homens fortemente armados invadiu uma prisão no estado de Oyo, no sudoeste da Nigéria, na noite de sexta-feira (21/10), e permitiu que cerca de 800 presos conseguissem fugir. 

Segundo a administração penitenciária da Nigéria, os criminosos trocaram tiros com os guardas da prisão e usaram dinamite para abrir um buraco em um dos muros do estabelecimento, pelo qual conseguiram entrar.

A administração penitenciária informou que o ataque atingiu somente a ala de presos que ainda aguardavam julgamento. "As celas onde ficam os presos condenados e as mulheres presas não foram vandalizadas", afirmou o órgão em um comunicado.

Dos cerca de 800 presos que fugiram, 575 deles são considerados foragidos, enquanto 262 foram recapturados.

O ataque é o terceiro do tipo na Nigéria neste ano. Em abril, mais de 1.800 presos foram libertados após um ataque no estado de Imo. O método foi o mesmo: homens armados trocaram tiros com os agentes penitenciários e usaram explosivos para entrar no presídio.

Em setembro, 266 presos conseguiram fugir da mesma forma no estado de Kogi.

bl (AP, AFP, Reuters)