Neymar renova com Barcelona até 2021 | Leia as principais notícias sobre o futebol internacional | DW | 01.07.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Neymar renova com Barcelona até 2021

Contrato do atacante, que era pretendido por clubes como Paris Saint-Germain e Manchester United, prevê multa rescisória de quase 900 milhões de reais, igual à do argentino Lionel Messi.

Neymar chegou ao Barcelona em junho de 2013

Neymar chegou ao Barcelona em junho de 2013

O atacante Neymar assinou nesta sexta-feira (01/07) a renovação de seu contrato com o Barcelona até junho de 2021, com cláusula de rescisão igual à do argentino Lionel Messi: 250 milhões de euros – quase 900 milhões de reais.

O contrato estabelece uma rescisão de 200 milhões de euros no primeiro ano, que subirá para 222 milhões de euros no segundo e depois será fixada em 250 milhões de euros para os três anos seguintes.

O documento determina ainda que o atacante brasileiro receberá um salário líquido de 15 milhões de euros por temporada.

O atacante de 24 anos estava na mira de vários grandes times europeus. Segundo a imprensa espanhola, o Manchester United estava lançando uma "ofensiva total" para contratar Neymar, e o Paris Saint-Germain teria oferecido 30 milhões de euros líquidos por temporada a ele, o dobro do que ganha atualmente no Barça.

Neymar chegou ao Barcelona em junho de 2013, ao deixar o Santos. Desde que vestiu a camisa grená, o brasileiro marcou 85 gols e conquistou oito títulos.

O atacante foi ainda o terceiro colocado no último prêmio Bola de Ouro da Fifa, atrás de seu companheiro de clube, o argentino Lionel Messi, e do português Cristiano Ronaldo, do rival Real Madrid.

Na última temporada, Neymar disputou 41 partidas, sendo o segundo jogador mais utilizado pelo técnico Luis Enrique, atrás apenas do uruguaio Luis Suárez.

CN/efe/rtr

Leia mais