Netflix anuncia série sobre a Lava Jato | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 15.04.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Netflix anuncia série sobre a Lava Jato

Os bastidores da operação que revelou um megaesquema de corrupção no Brasil serão retratados em novo seriado, previsto para 2017. Ainda sem título, obra terá direção de José Padilha.

O diretor José Padilha, conhecido por Tropa de Elite, assina a série Narcos, da Netflix, sobre o traficante Pablo Escobar

O diretor José Padilha, conhecido por "Tropa de Elite", assina a série "Narcos", da Netflix, sobre o traficante Pablo Escobar

O serviço de streaming Netflix anunciou nesta sexta-feira (15/04) que produzirá uma nova série original baseada nas investigações da Operação Lava Jato. As gravações começam ainda neste ano, e o lançamento é previsto para 2017.

O roteiro será escrito por Elena Soares (Xingu, Filhos do Carnaval e Casa de Areia). Já a direção ficará a cargo do cineasta brasileiro José Padilha, que já assina a série Narcos, produção original da Netflix sobre a vida do narcotraficante Pablo Escobar.

"Esse projeto vai narrar a operação policial em si e mostrar detalhes sobre o maior esquema de corrupção já visto no Brasil", disse Padilha em comunicado distribuído à imprensa. Segundo o diretor, a história será retratada de forma imparcial.

No mesmo comunicado, o vice-presidente de conteúdo internacional da Netflix, Erik Barmack, falou sobre a escolha de Padilha para a direção. "Ele está bem posicionado para documentar esse momento importante da história brasileira", disse o executivo.

A produção ainda não tem título definido. A empresa também não especificou o número de episódios da primeira temporada ou o valor que pretende investir na nova série.

Esta será a segunda produção da Netflix no país. Em 2015, o serviço anunciou o lançamento da série de ficção científica 3%, mais voltada ao público jovem e que deve chegar à plataforma ainda neste ano.

Crise brasileira sob holofotes

O Brasil e seus recentes acontecimentos, como a própria Operação Lava Jato e o processo que pede o impeachment da presidente Dilma Rousseff, têm atraído atenção internacional.

Em março, uma reportagem publicada pelo jornal alemão Die Zeit comparou a atual crise política com as intrigas da série americana House of Cards, também produzida originalmente pela Netflix. Na obra, o inescrupuloso político Frank Underwood faz de tudo para acumular e manter poder.

"Por estes dias, é difícil entender por que ainda há pessoas que se interessam por House of Cards. Elas não acompanham as notícias da política brasileira?", perguntou o correspondente do jornal no Rio de Janeiro, Thomas Fischermann.

EK/efe/rtr/ots

Leia mais