NEFERTITI DEVE VOLTAR AO EGITO? | Escreva sua opinião, comentários, críticas ou sugestões | DW | 14.02.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

NEFERTITI DEVE VOLTAR AO EGITO?

O busto de Nefertiti, darwinismo, a reabilitação do bispo britânico, energia nuclear e integração de brasileiros na Alemanha foram os temas comentados esta semana por nossos leitores. Vale a pena ler!

default

A César o que é de César! Em minha opinião, o busto de Nefertiti tem para os egípcios um valor que em nenhum outro lugar do mundo ele terá, ou seja, nada supera o valor afetivo que é o que move o desejo dos que o querem de volta ao Egito. Mesmo que não o digam, ele faz parte de sua história e sendo assim de suas vidas também, nada mais justo que ele seja devolvido aos seus legítimos donos. Os que o descobriram já fizeram a sua parte mostrando-o ao mundo, e a mim me parece que devolvê-lo seria um belo gesto de amizade entre nações.
Maria Aparecida Neubaner Luiz

Tenho a opinião de que estes tesouros devem ser devolvidos aos países de origem. Não faz sentido retirar dos países estes bens, e também diminuir atrações turísticas.
Luiz Alberto Franco

Na verdade, trata-se de um tesouro egípcio, independente de quem o descobriu. Por outro lado, neste mundo atual, globalizado, deveríamos considerar que certos "tesouros" já são propriedade da humanidade.
Paulo Sampaio


DARWINISMO E CULTURA

Neste ano de comemoração de Charles Darwin, importa dizer que somos animais diferenciados. Nós temos uma cultura que nos leva a ter história, a decidir racional e culturalmente, ações, normas e conhecimento. Intervimos culturalmente no mundo natural, social e individual. Sem compreender isto, estaríamos muito atrasados, num naturalismo ultrapassado.
Siegfried Fuchs


REABILITAÇÃO DO BISPO BRITÂNICO CAUSA MUITA CONTROVÉRSIA

Meus caros amigos, o grande Martinho Lutero tinha razão quando enfrentou o papa e a igreja católica. Não adianta perder tempo em defender uma causa e se perder em outra. Naquela época, um alemão conseguiu pôr ordem na igreja, mas agora outro alemão está fazendo bobagens. Haverá outro cisma na "santa?" igreja católica romana. Viva Lutero e os protestantes, pois eles tinham razão.
Davi Dumas Neves

CONSERVADORES ALEMÃES E A ENERGIA NUCLEAR
Quanto à questão da produção de energia nuclear, infelizmente ela é ainda hoje a melhor forma de produção de energia elétrica, uma vez que em um pequeno espaço, pode-se obter grande quantidade de energia, e com um mínimo de danos ambientais possível. Soma-se a isso a não-emissao de CO2 à atmosfera. A decisão da Alemanha de abandonar gradativamente tal produção não é justificável, pois não existem outros meios tão eficientes para a produção energética para a Europa atualmente, com exceção da termonuclear, que gera grandes emissões de gases tóxicos à atmosfera. Pelo visto, ainda seremos obrigados a conviver com esse arriscado mas eficiente processo de produção energética.
Henrique da Silva Abreu

Ainda que seja correta do ponto de vista técnico e até mesmo a intenção para fins pacíficos e de energia, esse tipo de fonte energética sempre encerra perigo por mais segurança que possa oferecer. Existem outras fontes de energia limpas que podem muito bem aproveitadas pela segurança da humanidade e por uma melhor qualidade de vida.
Walel Bastos


INTEGRAÇÃO DIVIDE BRASILEIROS NA ALEMANHA

Concordo com o que relatou Luiza Caudia Vasconcelos, que mora há sete anos em Leipzig. Brasileiro tem que trabalhar dobrado e tem outras dificuldades enfrentadas, que me foram relatadas por um parente brasileiro, que mora há uns 30 anos na Alemanha.
Miriam

Não concordo com a opinião de que o brasileiro tenha menos dificuldades de se integrar aqui. Por que não? Porque mesmo que uma pessoa fale bem o alemão e tenha aprendido uma profissão, aqui ele muitas vezes não é levado a sério pelos colegas alemães. Digo isso por experiência própria! Pensar que um estrangeiro pode ser um profissional melhor do que um alemão é uma heresia! Poucos são aqueles que conseguem chegar a esse reconhecimento e só Deus sabe o que o mesmo passou até chegar a ser reconhecido.
Cecília Mosca Spatz







Leia mais