Navalny deixa hospital em Berlim | Notícias internacionais e análises | DW | 23.09.2020

Conheça a nova DW

Dê uma olhada exclusiva na versão beta da nova DW. Sua opinião nos ajudará a torná-la ainda melhor.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Mundo

Navalny deixa hospital em Berlim

Oposicionista russo recebe alta após um mês de tratamento para curar envenenamento por agente neurotóxico do tipo Novitchok. Médicos dizem que recuperação total é possível, mas não sabem estimar efeitos de longo prazo.

Alexei Navalny caminha no Charité

Alexei Navalny no hospital Charité, em Berlim, no dia 19 de setembro

O oposicionista russo Alexei Navalny recebeu alta, comunicou nesta quarta-feira (23/09) o hospital Charité, de Berlim, onde ele estava recebendo tratamento havia um mês.

Navalny, de 44 anos, deixou o hospital nesta terça-feira, acrescentou o Charité.

O hospital comunicou que, com base no atual estado de Navalny e na evolução do tratamento, os médicos acreditam que ele pode se recuperar totalmente do envenenamento de que foi vítima. Porém, ainda é muito cedo para avaliar os efeitos potenciais de longo prazo do envenenamento, que o hospital chamou de grave.

Navalny foi envenenado com um agente neurotóxico do tipo Novitchok, da era soviética, afirmou o governo da Alemanha, com base em testes de laboratório. O governo alemão exigiu explicações do Kremlin, que nega qualquer envolvimento no caso.

O oposicionista se sentiu mal durante um voo doméstico, na Rússia, em 20 de agosto, e foi mais tarde enviado para receber tratamento em Berlim. Ele chegou a passar 24 dias em coma induzido.

Navalny é um dos mais ferrenhos críticos do presidente Vladimir Putin.

AS/ap/rtr

Leia mais