Microsoft permite que alemães vetem imagens de casas no Streetside | Novidades da ciência para melhorar a qualidade de vida | DW | 03.08.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Microsoft permite que alemães vetem imagens de casas no Streetside

Após críticas de defensores da privacidade, Microsoft permite que alemães proíbam a divulgação de imagens de suas casas ainda antes do lançamento do serviço Bing Maps Streetside, concorrente do Google Street View.

default

Veículos da empresa Navteq fotografam cidades alemãs

Desde o fim de maio, carros equipados com câmeras fotográficas percorrem cidades alemãs, fotografando ruas e locais públicos. As imagens farão parte do Bing Maps Streetside, serviço desenvolvido pela Microsoft para concorrer com o Google Street View.

Depois da polêmica suscitada pelo sistema de mapeamento do concorrente Google, a Microsoft decidiu propositalmente esperar para lançar seu próprio serviço. "Já havíamos esperado 12 meses, porque queremos melhorar o serviço e porque levamos a sério os interesses dos usuários e dos defensores da privacidade na rede", disse Ralph Haupter, diretor da Microsoft na Alemanha.

Depois de debates acalorados com defensores da privacidade na internet, o Google concedera aos cidadãos alemães o direito de vetar a divulgação de imagens de suas residências.

De agosto até o final de setembro, proprietários e inquilinos podem encaminhar um pedido para que o Bing Maps Streetside não permita que suas casas sejam reconhecidas. Através de um formulário online ou via correio, os usuários podem pedir que a Microsoft torne as fachadas dos prédios irreconhecíveis, ou seja, pixeladas.

De acordo com a porta-voz da empresa no país, Miriam Kapseeger, a Alemanha é o único país em que a Microsoft está oferecendo aos cidadãos a possibilidade de pedir de antemão o pixelamento das imagens de residências. Segundo ela, essa opção não é comum.

O serviço de mapeamento – que permite a navegação em 360 graus pelas ruas das cidades registradas – é composto por fotos. Vê-se, portanto, o mesmo que alguém que passasse pela rua veria. Além do endereço, a Microsoft divulgará a data e o horário em que as fotos foram tiradas.

Prazos para recursos e lançamento do serviço

Ralph Haupter

Ralph Haupter, diretor da Microsoft na Alemanha

Ao todo, mais de 60 cidades devem ser percorridas pelas câmeras da empresa especializada Navteq, contratada pela Microsoft. Mais de 50 localidades com mais de 100 mil habitantes já foram fotografadas. A empresa registrou principalmente cidades da Baviera, entre elas Nurembergue, Augsburg e Munique. No momento, a Navteq está trabalhando no estado de Baden-Württemberg.

O serviço de mapeamento da gigante norte-americana está previsto para entrar no ar até meados de novembro, no mais tardar. O prazo para proibir a divulgação de imagens, que vai até 30 de setembro, vale para toda a Alemanha, mesmo para cidades em que a Microsoft ainda não tenha feito registros fotográficos.

A Microsoft compromete-se a avaliar todos os pedidos. Dependendo do conteúdo, a imagem será, então, completamente apagada ou tornada em parte irreconhecível. Os formulários enviados dentro do prazo deverão ser analisados antes do lançamento do novo serviço. Depois de setembro, as solicitações para a não-divulgação de imagens só serão possíveis quando o Bing Maps Streetside já estiver disponível.

LF/dw/afp/dapd
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais