Mesut Özil é esperança da seleção alemã para a Copa 2010 | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 12.10.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Mesut Özil é esperança da seleção alemã para a Copa 2010

Destaque da seleção alemã e do Werder Bremen, meia Mesut Özil se afirma como um dos principais jogadores de futebol da Alemanha e é uma das esperanças para a Copa do Mundo da África do Sul.

default

Özil com o troféu da Euro sub-21

A seleção alemã pode respirar aliviada, após garantir uma vaga para a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, com a vitória de 1 a 0 sobre a Rússia no último sábado (10/10). Foi o atacante Miroslav Klose o autor do único gol do jogo, mas quem colocou a bola nos pés de Klose foi o meia Mesut Özil.

Após receber um passe de Lukas Podolski, Özil avançou em direção ao gol pela esquerda, já dentro da área. De frente para o goleiro, o meia simulou um chute, enganando o defensor. Özil então apenas tocou a bola para Klose, que estava ao lado, abrir o placar.

Foi a quarta partida de Özil para a seleção alemã, e são grandes as chances de que ele faça parte da equipe que disputará a Copa do Mundo de 2010. Se isso acontecer, Özil poderá contar com a torcida de um admirador especial chamado Andreas Winkler.

Descartado pelo Schalke

Deutschland Fußball Bundesliga Mesut Özil Schalke 04 2007

No Schalke, no início da carreira

Winkler é o treinador das equipes de base do Rot-Weiss Essen, um clube de futebol da região do Vale do Ruhr, na Alemanha. Ele se lembra de um garoto de 12 anos, tímido e magro, mas de grande técnica e velocidade e muita habilidade com o pé esquerdo.

O garoto já havia tentado jogar no Schalke, um dos grandes clubes da região, mas, segundo Winkler, foi descartado. "Mesut tentou ir para o Schalke, mas lá disseram que ele era muito pequeno e mirrado", contou à Deutsche Welle. "Mas nós ficamos felizes em tê-lo conosco."

De acordo com Winkler, Özil não deixava que comentários sobre sua estatura o impedissem de ter prazer em jogar e de melhorar sua técnica. Ele era daqueles jogadores cujos pensamentos estão sempre voltados para o futebol. "Você podia ligar para ele às cinco da manhã e dizer 'vem, vamos jogar bola'", comentou Winkler.

Destaque na Alemanha

Özil deixou o Rot-Weiss Essen em 2005 e foi para a equipe de juniores do Schalke, clube da sua cidade natal, Gelsenkirchen. As restrições que o Schalke havia feito à sua altura foram deixadas de lado e ele chegou à equipe principal em 2007, participando de alguns jogos da Liga dos Campeões.

Deutschland Fußball Werder Bremen Bundesliga Özil Diego

Com Diego, no Werder Bremen, em 2008

A ascensão para a equipe principal foi merecida, mas Özil não participava regularmente das partidas. Em janeiro de 2008, ele se transferiu para o Werder Bremen, onde o aproveitamento tem sido bem melhor. Na temporada passada, com a ajuda de Özil, o Bremen chegou às finais da Copa da Uefa e venceu a Copa da Alemanha.

Em Berlim, na final do torneio nacional contra o Bayer Leverkusen, Özil fechou com chave de ouro a sua melhor temporada como jogador profissional. No início do segundo tempo, ele recebeu um passe de Diego, avançou para a grande área pela esquerda e chutou forte para marcar o gol do título do Werder Bremen.

Craque na seleção

"Estou muito satisfeito com a temporada passada", escreveu o meia no seu site após a vitória. "Foi muito importante para mim manter a regularidade. E fechar a temporada com a taça da Copa da Alemanha nas mãos foi uma sensação ímpar."

Fußballer Mesut Özil mit DFB Pokal

Com a taça da Copa da Alemanha

Menos de um mês depois de vencer a Copa da Alemanha com o Bremen, Özil estava de volta aos gramados vestindo a camiseta da seleção sub-21 na Eurocopa disputada na Suécia. A Alemanha conquistou seu primeiro título no torneio de forma invicta, e Özil teve um papel fundamental.

Dos oito gols marcados pela Alemanha em cinco jogos, Özil fez a assistência de quatro. E ainda fez um na final contra a Inglaterra, num chute de longa distância.

O técnico da seleção principal, Joachim Löw, elogiou a criatividade de Özil e disse que ele cria situações perigosas como armador de jogadas – talentos que Löw levará em conta na hora de convocar a equipe que disputará a Copa 2010.

O sucesso do meia na Alemanha chamou a atenção de dirigentes da seleção turca. Özil cresceu com a dupla cidadania, o que significa que ele poderia atuar para a Turquia. Mas o jogador encerrou a disputa em fevereiro de 2009, ao anunciar sua opção pela seleção alemã.

Temporada promissora

Mesut Oezil beim Torschuss im Finalspiel der U21

Özil chuta para marcar o gol contra a Inglaterra, na final da Euro sub-21

Com a classificação da seleção alemã para a Copa 2010 garantida, Özil pode voltar suas atenções para o Werder Bremen, que ocupa a quarta posição na tabela da Bundesliga. A equipe também está nas oitavas-de-final da Copa da Alemanha e lidera seu grupo na Liga Europa.

Com a saída do brasileiro Diego, Özil passou a ocupar uma função mais importante no Bremen, armando as jogadas de ataque. No seu site, Özil escreveu que a nova função o agrada. "Estou feliz por poder trabalhar com Claudio Pizarro e Marko Marin", disse. "As coisas estão indo realmente bem no Werder."

A oito meses da Copa 2010, é difícil saber qual função Özil ocupará na seleção alemã que irá à África do Sul. Mas o jovem talento de Gelsenkirchen está numa curva ascendente da carreira profissional, o que indica que provavelmente ainda se ouvirá falar muito dele em 2010, durante a Copa do Mundo.

Autor: Matt Zuvela (as)

Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais