1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Brasilien Jamari National Forest
Foto: DW/N. Pontes

Manejo florestal na Amazônia é tema do Futurando

19 de setembro de 2018

Viajamos até Rondônia para mostrar como o trabalho é feito. Saiba o que mais vai ser notícia no programa.

https://www.dw.com/pt-br/manejo-florestal-na-amaz%C3%B4nia-%C3%A9-tema-do-futurando/a-45562911

Se você se comove com a imagem de uma árvore sendo derrubada, principalmente na floresta Amazônica, não pode perder a edição desta semana do Futurando. Vamos explicar como é possível fazer o manejo adequado, garantindo lucro com a venda da matéria-prima e conservando a natureza ao mesmo tempo. O exemplo vem de Rondônia, no norte do Brasil.

Debaixo do verde de uma mata extensa, o que existe é um solo de cores variadas. Podemos pensar, muitas vezes, que é só marrom claro. Mas não. E você já se perguntou o porquê da variedade de tons? Temos a resposta.

O Futurando mostra também bichos tão selvagens quanto carismáticos, a começar pelo sagui-cabeça-de-algodão, chamado na Colômbia de "titi”. Esse animal gosta de viver nas copas das árvores e está ameaçado de extinção pela venda ilegal e perda de habitat.

No Parque Nacional Kaziranga, em Assam, na Índia, os protagonistas da reportagem do programa são elefantes que vestem meias e pijamas para dormir. São animais órfãos, ou que sofreram algum acidente. Como elefantes são sagrados no país, o tratamento para eles é dos melhores. Mas eles dividem espaço com outros bichos, inclusive quase do mesmo porte.

Para encerrar a edição desta semana, a pergunta é: por que os ursos polares não migram para a Antártida, nem os pinguins para o Polo Norte? Ambos sofrem as consequências das mudanças climáticas. Porém, não é tão simples quanto parece trocar essas espécies de lugar. As consequências poderiam ser sérias, como você vê no Futurando.

O programa

O Futurando traz novidades sobre ciência, meio ambiente e tecnologia e é produzido todas as semanas pela redação brasileira da Deutsche Welle, em Bonn, na Alemanha.

O programa é exibido, no Brasil, pelo Canal Futura às terças-feiras, às 22h30 com reprise às quartas 16h30, quintas, sábados e segundas; pela Rede Minas aos sábados, às 14h30, com reprise às sextas-feiras, às 13h30; pela TV Brasil todas as terças, às 21h45, com reprise às quintas, às 3h15; pela TV Cultura aos domingos às 00h, com reprise todas as quartas às 22h30 ; pela TV Câmara Tupã todos os sábados às 18h, com reprise às terças-feiras, às 19h40 e pela TV Climatempo aos sábados às 9h30, com reprise às terças e aos domingos. Você também pode ver vídeos do programa no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.

O Futurando é transmitido ainda em Moçambique pela Rede Tim, aos sábados, às 14h30.