Maioria dos brasileiros teme novo coronavírus, aponta Datafolha | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 22.03.2020
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Brasil

Maioria dos brasileiros teme novo coronavírus, aponta Datafolha

Maior parte dos entrevistados apoia medidas restritivas para conter propagação da covid-19, enquanto 83% acreditam ter chances de contrair o vírus. Um terço acha que país não está preparado para enfrentar pandemia.

Brasileiros usam máscara em São Paulo

Brasileiros usam máscara em São Paulo

A maioria dos brasileiros teme o novo coronavírus e concorda com medidas restritivas para conter a propagação da doença, apontou um levantamento do instituto Datafolha divulgado neste domingo (22/03). Ao todo, 74% dos entrevistados disseram ter medo de ser contaminados.

Segundo a pesquisa publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, 99% dos entrevistados disseram ter conhecimento sobre o vírus, enquanto 97% afirmaram estar tomando precauções para não ser infectados.

Mesmo assim, 83% deles acreditam ter chances de contrair a covid-19. Outros 12% acham que não têm chances de ser infectados, e 5% não sabem. Entre as faixas etárias, o maior índice de pessoas que acham que não serão contaminadas é entre aqueles com mais de 60 anos (19%), que fazem parte do grupo de risco da doença.

A maioria dos brasileiros também concorda com medidas restritivas para tentar conter a pandemia. Ao todo, 95% dos entrevistados apoiam a suspensão de eventos com mais de 100 pessoas, 94%, a suspensão de viagens de avião para outros países, e 92%, a suspensão das aulas.

O fechamento das fronteiras é apoiado por 92%, e a suspensão de jogos de futebol, por 91% dos ouvidos. Além disso, 90% concordam ser necessário evitar abraçar e beijar as pessoas, e 86%, evitar frequentar bares e restaurantes. Suspender cultos e missas recebeu apoio de 82%, e trabalhar em casa, de 78%. Já o fechamento do comércio é apoiado por apenas 46%.

O Datafolha ainda questionou sobre o impacto da pandemia no cotidiano dos entrevistados. Ao todos, 37% deles pararam de trabalhar, porém apenas 1% está trabalhando de casa. Outros 55% deixaram de ir às aulas. A grande maioria (76%) interrompeu atividades de lazer, e 46% dos brasileiros evitam sair às ruas.

A maioria dos ouvidos considera o Brasil um pouco preparado para conter a crise (54%), enquanto 34% acham que o país não está pronto, e 10%, que o país está muito preparado. Metade dos entrevistados acredita que o surto atingirá principalmente os mais pobres, causando mais mortes nesse grupo da população. 

O levantamento ouviu 1.558 pessoas, por telefone, em todas as regiões do país entre os dias 18 e 20 de março. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Até agora, o Ministério da Saúde confirmou 1.128 casos de coronavírus e 18 mortes em decorrência da covid-19, doença que já afeta todos os estados brasileiros. São Paulo é o estado com o maior número de infecções (459) e mortos (15), seguido do Rio de Janeiro (119 casos e 3 mortos).

CN/ots

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube 
App | Instagram | Newsletter

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados