Macron apoia inclusão da baguete no Patrimônio da Humanidade | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 13.01.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Patrimônio da Unesco

Macron apoia inclusão da baguete no Patrimônio da Humanidade

A tradicional bisnaga francesa, longa e crocante, tem tanto direito a reconhecimento pela Unesco quanto a pizza napolitana, asseguram panificadores. Presidente apoia: "A baguete é invejada pelo mundo inteiro."

Símbolo nacional francês até para os fãs do futebol

Símbolo nacional francês até para os fãs do futebol

A cruzada dos padeiros da França por ter a baguete nacional reconhecida como bem cultural imaterial da humanidade conta com um aliado forte: o presidente Emmanuel Macron revelou-se apaixonado partidário desse pão "invejado por todo o mundo". Por isso, é favor de que a Unesco o inclua na lista dos tesouros culturais mundiais.

Assistir ao vídeo 01:05
Ao vivo agora
01:05 min

Novo patrimônio da UNESCO: a arte da pizza napolitana napolitana

O político de 40 anos fez a declaração nesta sexta-feira (12/01), durante encontro com representantes da Confederação Nacional de Panificação. Confeitaria (CNPBF), no Palácio do Eliseu, em Paris.

Os padeiros lançaram a ideia depois que a Organização Educacional, Científica e Cultural das Nações Unidas outorgou status de patrimônio imaterial ao método especial de esticar a massa da pizza praticado em Nápoles, Itália.

Segundo Macron, o tradicional pão branco é "parte da vida quotidiana da França", e seu registro junto à Unesco incluiria tanto os ingredientes quanto o método de produzi-la. "Eu conheço os nossos padeiros. Eles viram o sucesso dos napolitanos em classificarem a pizza deles como patrimônio mundial, e disseram: por que não a baguete? E eles estão certos!"

Tão francesa quanto a Torre Eifel

Longa, fina e de casca crocante, a baguete é a versão francesa da bisnaga, considerada um dos símbolos mais reconhecíveis da cultura nacional, ao lado da Torre Eifel; uma "tradição matinal, do meio-dia e da noite, para os franceses", como descreveu o presidente.

"A baguete é invejada pelo mundo inteiro. Temos que preservar sua excelência e nosso know-how, e por essa razão ela deve constar da lista do patrimônio", confirmou Macron, durante o encontro com os panificadores no palácio presidencial.

O método giratório de preparação massa de pizza napolitana entrou para a lista da Unesco em dezembro de 2017, após a apresentação de uma petição com 2 milhões de assinaturas.

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados