Lula lidera intenções de voto | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 20.08.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Eleições 2018

Lula lidera intenções de voto

Em primeira pesquisa Ibope após oficialização de candidaturas, ex-presidente tem 37% dos votos, seguido por Bolsonaro, com 18%, e Marina Silva, com 6%. Em cenário sem Lula, candidato do PSL aparece em primeiro lugar.

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

Candidatura de Lula depende de decisão do TSE

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato do PT, lidera as intenções de voto para o primeiro turno da eleição presidencial, aponta a primeira pesquisa Ibope realizada após a oficialização das candidaturas e divulgada nesta segunda-feira (20/08). O petista tem o apoio de 37% dos eleitores.

O segundo lugar ficou com Jair Bolsonaro, do PSL, que tem 18% das intenções de voto. Ele é seguido por Marina Silva (Rede), com 6%. Os candidatos Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB) aparecem empatados com 5%. Álvaro Dias (Podemos) teria 3% dos votos. Já Guilherme Boulos, Henrique Meirelles (MDB), João Amoêdo (Novo) e Eymael (DC) receberiam 1% dos votos cada um.

Os demais candidatos, Cabo Daciolo (Avante), Vera (PSTU), João Goulart Filho (PPL), não conseguiram alcançar 1% das intenções de voto. Nesse cenário, 16% dos eleitores entrevistados pretendem votar branco ou nulo e 6% ainda não sabem ou não responderam.

Condenado em segunda instância na Operação Lava Jato a 12 anos e um mês de prisão em janeiro deste ano, Lula está preso em Curitiba desde 7 de abril e pelas regras da Lei da Ficha Limpa seria inelegível. O ex-presidente sempre negou as acusações. A decisão sobre a candidatura do petista, que já foi contestada pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, está nas mãos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Diante de uma possível inelegibilidade da candidatura do ex-presidente, a pesquisa Ibope, encomendada pela Rede Globo e pelo jornal O Estado de São Paulo, também sondou um cenário sem a participação de Lula e com o atual vice da chapa do PT, Fernando Haddad, como candidato.

Sem Lula, Bolsonaro lidera a corrida presidencial, com 20% das intenções de voto, seguido de Marina, com 12%, e Ciro Gomes, com 9%. Em seguida aparece Alckmin, com 7%. Já Haddad receberia 4% dos votos e Álvaro Dias permanece com 3%. Todos os demais candidatos teriam 1% cada.

Com essa constelação de candidatos, o número de eleitores que pretende votar branco ou nulo salta para 29%. Já 9% dos entrevistados afirmaram ainda não saber ou não quiseram responder em quem pretendem votar.

O Ibope também questionou os entrevistados sobre o candidato em que não votariam de jeito nenhum. Bolsonaro é o líder em rejeição, com 37%, seguido de Lula, com 30%, Alckmin, com 25%, e Marina, como 23%. Já Ciro Gomes tem um índice de rejeição de 21%, Haddad de 16%, Meirelles de 13% e Cabo Daciolo de 12%. Boulos, Eymael, Álvaro Dias são rejeitados por 11% dos eleitores e os demais candidatos, por 10%.

A sondagem foi realizada entre 17 e 19 de agosto e ouviu 2 mil eleitores em 142 cidades. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. É a primeira pesquisa de intenção de voto realizada pelo grupo depois da oficialização das candidaturas no TSE e também a primeira que considerou a participação dos 13 candidatos à Presidência.

CN/ots

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp 

App | Instagram | Newsletter

Leia mais