Ludwig 2º: muito mais que o rei de contos de fadas | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 28.11.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Ludwig 2º: muito mais que o rei de contos de fadas

[Vídeo] Do saneamento básico à construção de salas de concerto, a exposição “Castelos do rei e fábricas – Ludwig 2º e a Arquitetura” mostra um rei que promoveu o comércio e a cultura da região.

Assistir ao vídeo 01:37
Ao vivo agora
01:37 min

O rei da Baviera Ludwig 2º (1845–1886) deixou como legado castelos que estão entre os pontos turísticos mais famosos da Alemanha, como o Neuschwanstein. Planejadas até o último detalhe, as residências extravagantes do rei acabam ofuscando outros feitos do monarca. Como, por exemplo, a reforma na Educação, a fundação de Academias de Artes e da Escola Politécnica que mais tarde se tornaria a Universidade Técnica de Munique - hoje uma das mais prestigiadas da Europa e em novos edifícios.

Uma exposição na capital bávara revela o legado do monarca - que vai além dos castelos de contos de fada. De acordo com a curadora da mostra, Katrin Bäumler,
“Ludwig não foi apenas o rei de contos de fadas. Ele melhorou muito a infraestrutura da Baviera. Expandiu a malha ferroviária, desenvolveu um projeto geral de rede e também introduziu o sistema de canalização de esgoto em Munique e em outras cidades da Baviera”.

A exposição “Castelos do rei e fábricas – Ludwig 2º e a Arquitetura” está em cartaz no Museu da Arquitetura da Universidade Técnica de Munique.vai até 13 de janeiro de 2019.