Legado do rei Frederico 2º ainda pode ser visto em Berlim e Potsdam | Conheça os destinos turísticos mais famosos da Alemanha | DW | 10.09.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Turismo

Legado do rei Frederico 2º ainda pode ser visto em Berlim e Potsdam

O monarca prussiano Frederico 2º encomendou projetos arquitetônicos que até hoje dão forma a Berlim e ao estado de Brandemburgo. Uma das heranças do rei, nascido há quase 300 anos, é o castelo Sanssouci.

default

Castelo Sanssouci, em Potsdam

Os tempos mais felizes da vida de Frederico 2º , rei da Prússia, foram vividos como príncipe herdeiro em Rheinsberg, ao norte de Berlim. Lá ele passava seus dias filosofando sobre o mundo e tocando instrumentos. Hoje, o castelo Rheinsberg, às margens de um lago, ainda transmite o espírito jovem e curioso do monarca, nascido em 24 de janeiro de 1712.

Frederico assumiu o trono em 1740. A partir de então, começou a transformar Berlim de uma pequena moradia real em uma metrópole europeia. Na famosa avenida berlinense Unter den Linden, a Ópera, a Universidade Humboldt e a igreja Hedwigskirche são marcas deixadas pelo líder prussiano. Ele também expandiu o castelo de Charlottenburg,  e os andares da ala nova passaram a refletir o estilo rococó dos tempos de Frederico.

Schloss Charlottenburg

Frederico Segundo expandiu o palácio Charlottenburg

Em 1743, o monarca voltou sua atenção para Potsdam. Seus desenhos e ideias deram vida ao castelo Sanssouci, ao Palácio Novo e a muitas outras construções reais que estão hoje entre as principais atrações de Potsdam. O corpo de Frederico está enterrado desde 1991 no castelo Sanssouci – a residência favorita do rei.

Confira no vídeo a seguir, as maravilhas deixadas por Frederico, o Grande. 

Autor: Kate Bowen (lpf)
Revisão: Nádia Pontes

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados