Löw corta Michael Ballack definitivamente da seleção alemã | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 16.06.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Löw corta Michael Ballack definitivamente da seleção alemã

Federação Alemã de Futebol ofereceu ao meia a opção de fazer sua partida de despedida contra o Brasil em agosto. Ballack teria recusado a oferta.

Ballack disputou 98 partidas com a camisa da seleção

Ballack disputou 98 partidas com a camisa da seleção

O meia Michael Ballack, de 34 anos, não está mais nos planos do técnico da seleção alemã, Joachim Löw, segundo um comunicado divulgado nesta quinta-feira (16/06) pela Federação Alemã de Futebol (DFB).

A decisão é resultado de várias conversas entre o jogador e o técnico da equipe, afirma o comunicado. Löw pretende apostar na nova geração de craques alemães, como o meia Mesut Özil e o atacante Thomas Müller.

Segundo fontes ligadas à DFB, a federação ofereceu à Ballack a opção de disputar sua 99ª e última partida pela seleção alemã em agosto, num amistoso contra o Brasil. A agência de notícias SID, especializada em esportes, diz que o jogador teria recusado a oferta.

A mais recente partida de Ballack pela seleção alemã foi disputada em 3 de março passado, quando a Alemanha foi derrotada pela Argentina por 1 a 0. Ballack disputou 98 jogos pela seleção e marcou 42 gols. Oficialmente ele ainda era o capitão da equipe.

Ballack ficou de fora da Copa de 2010 depois de sofrer uma grave contusão numa partida da sua então equipe, o Chelsea, pouco antes da Copa de 2010. O meia participou das Copas de 2006 e 2002, mas nesta não disputou a final contra o Brasil por ter recebido seu segundo cartão amarelo.

AS/dpa/sid
Revisão: Rodrigo Rimon

Leia mais