Kuczynski vence eleição presidencial no Peru | Notícias sobre a América Latina e as relações bilaterais | DW | 09.06.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

América Latina

Kuczynski vence eleição presidencial no Peru

Economista derrota Keiko Fujimori com diferença de pouco mais de 40 mil votos, anuncia Escritório Nacional de Processos Eleitorais. "Prometo-lhes um país melhor e diferente", diz Kuczynski ao declarar-se vencedor.

O economista peruano Pedro Pablo Kuczynski é o virtual vencedor da eleição presidencial do Peru, derrotando por pouco mais de 40 mil votos a concorrente Keiko Fujimori. Os peruanos foram às urnas no último domingo, mas o resultado só foi obtido nesta quinta-feira (09/06).

Em pronunciamento à imprensa, o chefe do Escritório Nacional de Processos Eleitorais (ONPE), Mariano Cucho, afirmou que foram processadas 100% das urnas eleitorais, mas contabilizadas apenas 99,77% delas. De qualquer forma, o resultado é irreversível, afirma a imprensa local.

A disputa foi acirrada. Kuczynski conquistou 50,12% dos eleitores, somando 8.580.474 votos, enquanto Fujimori obteve uma porcentagem de 49,88%, com 8.539.036 votos. A diferença de votos válidos entre os dois candidatos, a mais estreita da história do Peru, é de 41.438 votos.

Após o anúncio do ONPE, Kuczynski se pronunciou nas redes sociais saudando o povo peruano. "Obrigado a todos que votaram em mim e aos que votaram contra mim. Prometo-lhes um país melhor e diferente", escreveu o economista no Twitter. "Temos que trabalhar como um só país com muitas opiniões. Ofereço-lhes humildade, reconciliação, diálogo e, sobretudo, trabalho."

Apesar das comemorações por parte de Kuczynski, Fujimori não parece ter pressa em reconhecer sua derrota. O porta-voz Pedro Spadaro afirmou que o partido Força Popular espera primeiro por uma declaração oficial do Conselho Nacional Eleitoral, órgão que está acima do ONPE.

Fujimori, de 41 anos, é filha do controverso ex-presidente Alberto Fujimori, que cumpre 25 anos de prisão por corrupção e crimes contra os direitos humanos. Derrotada em 2011 pelo atual presidente Ollanta Humala, ela perde a segunda oportunidade de ser a primeira mulher a governar o Peru.

Fujimori venceu o primeiro turno da eleição, mas foi derrotada com pouca diferença na disputa final

Fujimori venceu o primeiro turno da eleição, mas foi derrotada com pouca diferença na disputa final

Já Kuczynski, de 77 anos, é filho de um médico de Berlim de origem polonesa, emigrado para o Peru durante o nacional-socialismo. O economista já foi ministro de Economia e Finanças e presidente do Banco Central peruano. Seu partido, Peruanos pela Mudança, é uma legenda nova que aglutina diversos grupos políticos pequenos, que, por sua vez, representam diferentes interesses.

Depois que 100% das urnas forem contabilizadas e as autoridades eleitorais peruanas confirmarem o nome de Kuczynski como presidente eleito do Peru, o político toma posse em 29 de julho.

EK/ap/dpa/efe

Leia mais