Judeus reavivam tradição de Carnaval apagada pelo nazismo | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 05.02.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Judeus reavivam tradição de Carnaval apagada pelo nazismo

Integrantes da comunidade judaica de Colônia, no oeste da Alemanha, fundam clube carnavalesco em memória de associação que se desintegrou após nazistas chegarem ao poder, na década de 1930.

Foliões no célebre Carnaval de Colônia, no oeste da Alemanha

Foliões no célebre Carnaval de Colônia, no oeste da Alemanha

Pela primeira vez desde a década de 1930, foliões judeus do Carnaval de Colônia, no oeste da Alemanha, podem se reunir em seu próprio clube – o Kölsche Kippa Köpp, ou KKK.

Um grupo judeu da cidade inaugurou oficialmente nesta segunda-feira (04/02) a associação Kölsche Kippa Köpp (Cabeças de Quipá de Colônia, no dialeto local), numa tentativa de reavivar uma tradição destruída pelo regime nazista.

"Os judeus de Colônia sempre fizeram parte da vida carnavalesca multifacetada, mas há muito tempo que eles não têm visibilidade", disse o presidente do clube, Aaron Knappstein.

Os fundadores disseram que o nome da associação foi escolhido em alusão a um clube pré-guerra que também tinha as iniciais KKK. No início dos anos 20, o comerciante de têxteis judeu e fã de Carnaval Max Solomon fundou uma associação de boliche que acabou se chamando Kleiner Kölner Klub (Pequeno Clube de Colônia).

O clube se tornou popular entre os foliões judeus da cidade. Seus membros faziam bailes de máscaras e participavam de festivais de fantasias, segundo o jornal local Kölner Stadt-Anzeiger.

A agremiação se desintegrou depois que os nazistas chegaram ao poder, em 1933. Muitos membros foram assassinados, e outros foram forçados a fugir do país.

"Conhecemos bem as tradições do KKK anterior, mas também estamos felizes em começar novas tradições", disse Knappstein, citada pela agência de notícias DPA.

 As iniciais KKK se tornaram infames no mundo todo devido ao Ku Klux Klan, grupo racista e antissemita baseado nos Estados Unidos.

O novo clube em Colônia disse estar ciente da associação negativa e que tentará evitar ostentar as iniciais, não as imprimindo na medalha do clube, por exemplo.

A temporada de carnaval no oeste da Alemanha começa no dia 11 de novembro e termina na Quarta-feira de Cinzas, que neste ano cai em 6 de março.

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube 

WhatsApp | App | Instagram | Newsletter

Leia mais