Jornal mais popular do Reino Unido defende ″Brexit″ | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 14.06.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Jornal mais popular do Reino Unido defende "Brexit"

Tabloide "The Sun", do grupo midiático de Rupert Murdoch, diz que país precisa se livrar da "ditadura de Bruxelas" e corrigir "erro histórico". Pesquisa aponta 46% de apoio à saída do país da UE.

O tabloide britânico The Sun, jornal de maior circulação do Reino Unido, publicou um editorial nesta terça-feira (14/06) em apoio ao "Brexit", a saída do país da União Europeia (UE).

A publicação controlada pelo bilionário Rupert Murdoch chega a classificar o bloco europeu como incompetente. O referendo está marcado para 23 de junho.

"Estamos prestes a fazer a maior decisão política das nossas vidas. O The Sun insta hoje que todos votem pelo LEAVE (saída)", começa o texto. "Podemos corrigir esse enorme erro histórico."

Segundo o editorial, o Reino Unido precisa se livrar da "Bruxelas ditatorial" sob a pena de o futuro do país continuar "no escuro".

"Nosso país tem uma história gloriosa. Essa é a nossa chance de tornar o Reino Unido ainda melhor, recuperar nossa democracia e preservar os valores e a cultura das quais somos orgulhosos", escreve o jornal.

O The Sun acusa a campanha "Remain", pela permanência na UE, de usar táticas para atemorizar a população. "Se ficarmos, o Reino Unido será em poucos anos afundado pela implacável expansão" da Alemanha, diz o editorial.

Uma pesquisa encomendada pelo jornal The Times à empresa de pesquisa de mercado YouGov mostrou que 46% apoiam o "Brexit", contra 39% da população que quer que o país permaneça na UE.

Leia mais