1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Japan | Tokio | Vorbereitungen Olympische Spiele 2021
Foto: Philip Fong/AFP/Getty Images
SociedadeJapão

Jogos de Tóquio não terão público estrangeiro

20 de março de 2021

Antes anunciado como uma festa para celebrar "triunfo da humanidade sobre o vírus", evento será amplamente restrito. Provavelmente nem patrocinadores nem parentes de atletas poderão entrar no Japão.

https://www.dw.com/pt-br/jogos-de-t%C3%B3quio-n%C3%A3o-ter%C3%A3o-p%C3%BAblico-estrangeiro/a-56938843

O comitê organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio anunciou neste sábado (20/03) que não será permitida a entrada no Japão de torcedores estrangeiros para o evento, devido à pandemia de coronavírus.

A decisão, segundo os organizadores, é decepcionante, mas era "inevitável". A proibição, sem precedentes, tornará os Jogos de Tóquio os primeiros sem espectadores estrangeiros.

Antes anunciados como uma festa para celebrar "o triunfo da humanidade sobre o vírus", os Jogos de Tóquio estão se tornando um evento em grande parte televisivo, com pouco da atmosfera de festa internacional que normalmente caracteriza as competições.

Em declaração após conversas entre organizadores locais, autoridades japonesas e organizadores dos Jogos Paralímpicos e Paraolímpicos, o comitê informou que a situação da pandemia no Japão e no exterior permanece "muito desafiadora".

"Eu mesmo fui atleta. Tive o prazer de participar das Olimpíadas várias vezes. O fato de os espectadores do exterior não poderem assistir aos Jogos é muito decepcionante", afirmou Seiko Hashimoto, chefe do comitê olímpico de Tóquio 2020. "Mas temos que garantir um ambiente seguro e protegido para todos os participantes. Foi uma decisão inevitável".

O Comitê Olímpico Internacional (COI) e o Comitê Paraolímpico Internacional (CCI) disseram em comunicado que "respeitam e aceitam plenamente essa conclusão" .

O veto também deverá valer para familiares de esportistas e afeta convidados de patrocinadores, que só poderão entrar no país se estiverem envolvidos de alguma forma na organização do evento. 

Os organizadores haviam planejado vender 630 mil ingressos para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos a torcedores estrangeiros, mas a meta vinha se tornando, a cada semana, mais inatingível.

Segundo a imprensa local, o COI está buscando isenções para alguns convidados do exterior, mas as regras provavelmente serão rigorosas.

Quantos espectadores domésticos estarão nos locais neste verão ainda não foi decidido. Os organizadores inicialmente sugeriram que decidiriam até abril, mas a decisão deve ser adiada para mais perto da cerimônia de abertura, marcada para 23 de julho.

rpr (AFP, AP)