Irmã de Kim Jong-un visitará Coreia do Sul | Notícias internacionais e análises | DW | 07.02.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Irmã de Kim Jong-un visitará Coreia do Sul

Kim Yo-jong, membro do politiburo norte-coreano, fará parte da delegação de alto nível que vai aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang. Será a primeira visita de um membro da dinastia Kim ao país vizinho.

Kim Yo-jong vem sendo preparada por Kim Jong-un para se tornar uma das figuras mais poderosas da Coreia do Norte

Kim Yo-jong vem sendo preparada por Kim Jong-un para se tornar uma das figuras mais poderosas da Coreia do Norte

A irmã do ditador norte-coreano Jong-un fará uma visita inédita à Coreia do Sul nesta semana em razão dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang, anunciou Seul nesta quarta-feira (07/02).

Esta será primeira vez que um membro do clã que governa há décadas o país viajará para o vizinho do sul desde o armistício que pôs fim ao conflito militar entre as duas Coreias (1950-1953).

Kim Yo-jong, membro do alto escalão do partido governista, fará parte de uma delegação de alto nível que deve chegar a Pyeongchang nesta sexta-feira, liderada pelo chefe de Estado cerimonial da Coreia do Norte, Kim Yong-nam.

As duas Coreias permanecem tecnicamente em guerra desde o armistício de 1953. As tensões se agravaram dramaticamente no ano passado com os avanços promovidos pelo regime do ditador Kim Jong-un em seu programa nuclear, além da retórica agressiva que dominou as relações entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos.

Os Jogos Olímpicos, porém, geraram uma rápida reaproximação entre os dois paíes. Um símbolo disso será a participação de uma equipe conjunta de hóquei no gelo das duas Coreias nos Jogos Olímpicos de Inverno. Além disso, as duas delegações desfilarão juntas sob uma bandeira da Península Coreana unificada

Leia também: Pyeongchang - Jogos para quem?

Kim Yo-jong, que vem sendo preparada por Kim Jong-un para se tornar uma das figuras mais poderosas de seu país, fará sua estreia no cenário internacional.

Ela deverá se reunir com o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, e entregar-lhe pessoalmente uma carta de seu irmão desejando sucesso nos Jogos de Inverno e expressando o desejo de melhorar os laços entre as duas Coreias.

Kim Yo-jong é vista com frequência acompanhando seu irmão em excursões instrutivas e outros eventos

Kim Yo-jong é vista com frequência acompanhando seu irmão em "excursões instrutivas" e outros eventos

A irmã de Kim Jong-un, que segundo especulações teria em torno de 30 anos, foi promovida em outubro do ano passado como membro do poderoso politburo norte-coreano, presidido por seu irmão.

Ela é vista com frequência acompanhando o irmão em "excursões instrutivas" e outros eventos e é conhecida por se envolver nas operações propagandísticas do governo. O poder na Coreia do Norte sempre esteve nas mãos de sua família.

Kim Jong-un é da terceira geração do clã, após seu pai, Kim Jong-il e seu avô, Kim Il-sung, o fundador da República Popular Democrática da Coreia - nome oficial do país.

Kim Yo-jong e seu irmão são filhos do terceiro casamento de Kim-Jong-il. O meio-irmão de ambos, Kim Jong-nam, foi assassinado há poucos meses num aeroporto da Malásia, num caso ainda envolto em mistério.

Nesta quarta-feira, 280 norte-coreanos chegaram à Coreia do Sul. Eles formam um dos maiores grupos a atravessar o controle de fronteira na Zona Desmilitarizada entre os dois países.

A delegação é composta por 229 animadoras de torcida, além de 26 atletas de taekwondo, 21 jornalistas e quatro membros do Comitê Olímpico do país, incluindo o ministro dos Esportes, Kim Il-guk.

No dia anterior, chegou à Coreia do Sul uma orquestra norte-coreana de 140 membros que vai se apresentar durante os Jogos. Os músicos vestiam os mesmos uniformes utilizados pelas animadoras de torcida.

RC/afp/rtr

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Leia mais