Irã detém dois navios militares americanos no Golfo Pérsico | Notícias internacionais e análises | DW | 12.01.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Mundo

Irã detém dois navios militares americanos no Golfo Pérsico

Duas pequenas embarcações e dez marinheiros dos Estados Unidos estão sob custódia de autoridades de Teerã. Os barcos supostamente sofreram problemas mecânicos e derivaram para águas iranianas.

Duas pequenas embarcações militares dos Estados Unidos a caminho do Kuwait ao Bahrein foram detidas pelo Irã no Golfo Pérsico. Teerã afirmou que garantirá a pronta liberação tanto da tripulação como dos navios.

Autoridades americanas disseram, nesta terça-feira (12/01), que Washington estava em comunicação com Teerã e trabalhando para recuperar os marinheiros americanos que foram levados sob custódia depois que o Irã deteve as embarcações no Golfo Pérsico.

"Hoje cedo, perdemos o contato com duas pequenas embarcações navais americanas na rota do Kuwait ao Bahrein", disse uma autoridade dos EUA, segundo a agência de notícias AFP. "Nós, consequentemente, estamos em comunicação com as autoridades iranianas, que nos informaram sobre a segurança e o bem-estar de nossa tripulação."

Os navios supostamente sofreram problemas mecânicos e derivaram para águas iranianas. Os dez marinheiros – nove homens e uma mulher – estiveram detidos na Ilha Farsi por um tempo, embora seu paradeiro atual seja desconhecido.

Tanto a Casa Branca como o Pentágono confirmaram que o Irã está em posse das embarcações e dos tripulantes. O Secretário de Estado dos EUA, John Kerry, iniciou conversações sobre o incidente com seu homólogo iraniano Javad Zarif.

PV/afp/rtr/ap

Leia mais