″Humanidade deve demonstrar humildade perante a natureza″, diz Merkel | Notícias internacionais e análises | DW | 20.08.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Mundo

"Humanidade deve demonstrar humildade perante a natureza", diz Merkel

Em encontro com líderes nórdicos na Islândia, chanceler federal alemã visita usina geotermal e elogia as iniciativas do pequeno país para lidar com desafios das mudanças climáticas, afirmando que podem servir de exemplo.

Angela Merkel (esq.) e a líder islandesa Katrin Jakobsdottir visitam um parque nacional na Islândia

Angela Merkel (esq.) e a líder islandesa Katrin Jakobsdottir visitam parque nacional na Islândia

As mudanças climáticas deverão ser um dos temas centrais de um encontro entre a chanceler federal da Alemanha, Angela Merkel, e líderes nórdicos na Islândia nesta terça-feira (20/08). Após chegar ao país, a chefe de governo alemã defendeu que a humanidade demonstre mais humildade em relação à natureza.

Os líderes da Alemanha, Islândia, Dinamarca, Finlândia, Noruega e Suécia participam da reunião do Conselho de Ministros Nórdicos, que também reúne os territórios autônomos da Groenlândia e Ilhas Faroé. O conselho foi criado em 1952 para reforçar a cooperação interparlamentar e intergovernamental entre esses estados do Hemisfério Norte.

Merkel chegou a Reykjavík, onde ocorre o encontro, na segunda-feira e se reuniu com a primeira-ministra Katrin Jakobsdottir. A chanceler federal alemã destacou que foi lembrada da força da natureza quando a erupção de um vulcão na Islândia em 2010 gerou distúrbios no tráfego aéreo da Europa durante várias semanas.

Antes de reunir-se com os demais líderes, Merkel visitou a usina de energia geotermal Hellisheidi. A Islândia, conhecida por seus vulcões e atividades geológicas, utiliza a energia geotermal para abastecer o sistema de aquecimento e a produção elétrica.

O país desenvolve também um projeto para capturar dióxido de carbono e armazená-lo no subsolo.

A Islândia deverá se tornar um país climaticamente neutro até 2040, uma década antes da data prevista para a Alemanha. Os outros países nórdicos também expressaram ambições semelhantes.

"Das mudanças nos padrões de mobilidade aos temas da geração de energia, acredito que temos desafios comuns", disse Merkel. "Com o exemplo da Islândia, podemos aprender novamente que a humanidade deve tratar a natureza com cuidado e também deve demonstrar um pouco de humildade perante a natureza."

RC/dpa/afp

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | App | Instagram | Newsletter

Leia mais