Holanda prende sete suspeitos de planejar ataque terrorista | Notícias internacionais e análises | DW | 28.09.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Europa

Holanda prende sete suspeitos de planejar ataque terrorista

Homens entre 21 e 34 anos planejavam atacar grande evento com granadas, fuzis e coletes explosivos, afirma polícia. Suposto líder do grupo foi condenado em 2017 por tentar viajar ao Iraque e à Síria para se unir ao EI.

A polícia da Holanda prendeu sete homens entre 21 e 34 anos que são apontados como suspeitos de planejarem um grande ataque terrorista no país. Os detidos residiam em Arnhem, na cidade portuária de Roterdã e em vilarejos próximos a essas duas cidades.

"A polícia prendeu sete homens na quinta-feira suspeitos de estarem num estágio muito avançado de preparação para um grande ataque terrorista na Holanda", afirmaram promotores nesta quinta-feira (27/09).

Os suspeitos planejavam atacar um grande evento com granadas, armas automáticas e coletes explosivos, segundo os promotores holandeses. A polícia ainda não identificou o alvo do ataque, que, segundo o gabinete da promotoria, teria incluído também um carro-bomba.

"Eles estavam em busca de [fuzis] AK-47, pistolas, granadas, coletes explosivos e matérias-primas para várias bombas [de carro]", disse a promotoria. Os sete suspeitos tinham pelo menos cinco armas de fogo de pequeno porte e já estavam em uma etapa avançada na preparação do ataque, disseram as autoridades.

O homem acusado de ser o líder do grupo tem 34 anos e origem iraquiana. Ele foi condenado em 2017 por tentar viajar ao Iraque e à Síria para se unir ao grupo terrorista "Estado Islâmico" (EI). Outros dois detidos também têm antecedentes criminais por terem tentado combater pelo grupo no Oriente Médio.

As autoridades antiterroristas iniciaram em abril deste ano uma investigação sobre o suposto chefe do grupo, depois de receberem um alerta dos serviços de inteligência.

"Um dos homens de Arnhem queria cometer um ataque com um grupo num grande evento na Holanda e matar muitas vítimas, de acordo com o serviço de inteligência da Holanda", disse o gabinete da promotoria.

PV/efe/ap/rtr/afp

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp 

App | Instagram | Newsletter

Leia mais