Herança de Bach: filme mostra um ano no Coro de São Tomás | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 19.02.2012
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Herança de Bach: filme mostra um ano no Coro de São Tomás

Documentário "Die Thomaner", de Paul Smaczny e Günter Atteln, acompanha cotidiano do tradicional coro de meninos de Leipzig, que o próprio Johann Sebastian Bach já regeu e que completa 800 anos de existência em 2012.

default

Filme 'Die Thomaner'

Olhos cintilantes, cachos louro-escuro, voz angelical de soprano: Johannes, de nove anos de idade, está fora de si de alegria. Ele conseguiu: vai poder cantar no mais antigo e, possivelmente, mais famoso coro do mundo, o da Igreja de São Tomás, em Leipzig. Johann Sebastian Bach já ensinava os alunos aqui; na época da Alemanha comunista, o coro era um dos símbolos de prestígio do regime. E hoje é objeto de orgulho para todo o país.

Deutschland Adventskalender Thomanerchor in Leipzig

Johann Sebastian Bach em pessoa dirigiu meninos da Igreja de São Tomás

Para Johannes, o ingresso no conjunto vocal acarreta um enorme empenho de tempo e dedicação. Nos próximos nove anos, todas as suas tardes serão dedicadas a ensaios, e sua moradia também está pré-estabelecida: ele passa a residir no Alumnat, o internato dos meninos-cantores de São Tomás.

Os enormes dormitórios com tantas camas enfileiradas despertarão um certo mal-estar nos pais e mães modernos. Quem gostaria de deixar seu pimpolho em tal ambiente? Por isso, os trabalhos de reforma transcorrem a todo vapor. Mas também no novo internato haverá "quartos para idades mistas". Privacidade, nem pensar.

Numa instituição como o Coro de São Tomás, a primeira lição que se aprende é: dividir e renunciar a uma parcela de individualidade. A mãe de Johannes não está cem por cento segura de que essa seja a decisão certa para o menino. Mas também não quer barrar o caminho do filho, que tanto gosta de cantar.

Tensões de um mundo idealizado

"Um ano com o Coro de São Tomás em Leipzig", promete o subtítulo do filme Die Thomaner (Os meninos-cantores de São Tomás), de Paul Smaczny e Günter Atteln, recém-lançado na Alemanha. Durante doze meses, a câmera acompanhou Johannes e cerca de 100 outros garotos em seus jogos de futebol, nas salas de aula, em audições ou na turnê pela América do Sul.

O filme não se esforça expressamente para esconder do espectador os problemas quotidianos no afamado coro. Em certo momento, um calouro meio gordinho – um ultimus, no jargão de São Tomás – conta, diante da câmera, de suas saudades de casa. Em outro, um dos mais velhos distribui tarefas entre os pequenos, como castigo por atraso e outras travessuras.

Film Die Thomaner

Audição para o coro de 800 anos

Em Leipzig, não há romantismo à la Escola de Magia Hogwarts, dos filmes de Harry Potter. As condições são bastante austeras. Mas é constante o louvor à "tradição da convivência em comunidade", e todo o filme é sublinhado pelo poder conciliatório e enaltecedor da música bachiana.

No entanto, os diretores Smaczny e Atteln perderam a oportunidade de transmitir os sentimentos ambivalentes, e talvez conflitantes, de um jovem dividido entre tradições que contam 800 anos e a vida moderna. Em vão, o espectador aguarda que a tensão entre a música sacra e um dia a dia dessacralizado seja traduzida em termos cinematográficos.

No máximo, há o vislumbre de um cartaz do festival de heavy metal Wacken, na parede de um quarto misto, e fica-se sabendo, de passagem, que um ou outro menino abandona a instituição. Os realizadores preferem acentuar o fato que os cantores de São Tomás alcançarem uma média excelente na prova de conclusão dos estudos secundários, com as melhores notas de todo o estado da Saxônia. E a impressão predominante acaba sendo a de um mundo idealizado.

Em nome dos velhos valores

"Não basta cantar bonitinho!". Assim, o rigoroso kantor Georg Christoph Biller repreende seus discípulos, expressando, assim, o conflito central.

Orchideenfächer in Deutschland Singen mit Kindern

Canto, disciplina e abnegação

Pois todo o projeto do Coro da Igreja de São Tomás – que completa 800 anos em 2012 – se baseia no esforço obstinado por preservar velhos valores culturais. Estes incluem não apenas o canto, mas também disciplina e abnegação. Bach tem prioridade perante a Playstation; o bem-estar comum, perante os desejos individuais.

É bom acreditar que não sejam apenas a ambição pessoal e a disciplina a manter coesos os meninos de São Tomás. Mas, então, o que é que mantém? Isso, Die Thomaner só deixa entrever, vez por outra. Como quando, por exemplo, um jovem corista revela que já se sente responsável, hoje, pelo milésimo jubileu do coro. Ou quando um outro não apenas proclama seu amor pela música, mas também o expressa ao piano, com o rosto transfigurado.

Autor: Anastassia Boutsko (av)
Revisão: Marcio Damasceno

Leia mais