Gustavo Montezano assumirá o BNDES | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 17.06.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Brasil

Gustavo Montezano assumirá o BNDES

Indicado por Paulo Guedes, engenheiro e economista atua na Secretaria de Desestatização e Desinvestimento do Ministério da Economia. Ele substituirá Joaquim Levy, que deixou cargo após reprimenda de Bolsonaro.

O engenheiro e economista Gustavo Henrique Moreira Montezano foi indicado nesta segunda-feira (17/06) para assumir a presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Ele foi escolhido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, para substituir Joaquim Levy.

O ex-chefe do banco de desenvolvimento pediu demissão após uma reprimenda pública do presidente Jair Bolsonaro, que chegou a dizer que Levy estaria  com "a cabeça a prêmio"

Formado em engenharia pelo Instituto Militar de Engenharia (IME) e mestre em economia, Montezano era secretário especial adjunto da Secretaria de Desestatização e Desinvestimento, do Ministério da Economia. 

Antes de atuar no governo, Montezano trabalhou no mercado financeiro. Foi sócio-diretor do Banco Pactual, trabalhando em Londres e em São Paulo, e começou carreira como analista do Opportunity.

Levy deixou o comando do BNDES no domingo, após um embate público com o Planalto. O motivo da reprimenda pública, segundo Bolsonaro, foi a nomeação por Levy do executivo Marcos Barbosa Pinto para a diretoria de Mercado de Capitais do BNDES. O presidente exigiu a demissão de Pinto.

Barbosa Pinto foi assessor do BNDES entre 2004 e 2006, durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva e chefe de gabinete de Demian Fiocca à época em que este chefiou o banco. Ele também presidiu a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) entre 2007 e 2010 – também no governo Lula – e foi sócio da Gávea Investimentos, uma gestora de recursos fundada por Armínio Fraga, presidente do Banco Central no governo Fernando Henrique.

CN/ots

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube 

WhatsApp | App | Instagram | Newsletter

Leia mais