Governo tcheco vai comprar antigo campo de concentração | Notícias internacionais e análises | DW | 23.10.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Governo tcheco vai comprar antigo campo de concentração

Fazenda de criação de suínos ocupa atualmente a área. Memorial será construído para lembrar vítimas da etnia roma que foram enviadas para o local por nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.

Fazenda de suíços foi construída em antigo campo de concentração nazista na República Tcheca

Fazenda de suíços foi construída em antigo campo de concentração nazista na República Tcheca

O governo da República Tcheca anunciou nesta segunda-feira (23/10) que comprará uma fazenda de criação de suínos que foi construída na região de um antigo campo de concentração nazista. Um memorial em homenagem às vítimas que foram presas ali durante a Segunda Guerra Mundial será construído no local.

O ministro da Cultura tcheco, Daniel Herman, afirmou que o governo pagará cerca de 17,5 milhões de euros pela atual fazenda em Lety, localizada a 95 quilômetros no sul de Praga.

Leia maisViolino de Buchenwald soa pela primeira vez desde Holocausto

Aproximadamente 1,3 mil tchecos da etnia roma foram enviados ao campo de concentração nazista durante a Segunda Guerra Mundial. Mais de 320 morreram no local e outras centenas foram transferidas para o campo de extermínio de Auschwitz.

Assistir ao vídeo 03:24

O difícil legado da cidade de Auschwitz

A existência de uma fazenda de suínos no antigo campo de concentração era criticada por ativistas, que consideravam esse uso um desrespeito às vítimas do Holocausto.

Herman afirmou que o acordo de compra e venda será assinado em breve com o atual proprietário da área e ressaltou que o local será transformado num memorial em homenagens às vítimas roma que foram presas ou morreram no campo.

Segundo a emissora tcheca CT24, as negociações entre o governo e a empresa proprietária da área duraram mais de 20 anos. Inicialmente, a empresa queria uma nova fazenda em troca da antiga, mas acabou aceitando somente a compensação financeira.

Em comunicado, o Ministério da Cultura afirmou que os prédios da fazenda serão demolidos e que a região precisará ser desinfetada antes da construção do memorial.

Cerca de 10 mil roma viviam na antiga Tchecoslováquia na época da ocupação nazista durante a Segunda Guerra Mundial. Os atuais 250 mil integrantes da minoria ainda enfrentam preconceito na República Tcheca.

CN/dw/ap

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados