Futurando - Edição de 22/05 | DW Brasil | Notícias e análises do Brasil e do mundo | DW | 21.05.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

Futurando - Edição de 22/05

[Vídeo] Mitos e verdades sobre a inteligência.

Assistir ao vídeo 25:54

Esta semana no Futurando a inteligência – e a suposta falta dela – é um tema central. Vamos explicar quais fatores, de fato, prejudicam o desempenho das nossas atividades cerebrais e podem nos deixar até mais "burros”, embora esse seja um termo pouco válido do ponto de vista científico. A questão é muito mais ligada a hábitos que à biologia do corpo.

Se você já ouviu dizer que utilizamos apenas 10% do nosso cérebro, saiba que isso não passa de um boato sem qualquer comprovação da ciência. Vamos mostrar as possíveis origens dessa informação controversa, sem embasamento acadêmico, e que ainda hoje é tida como verdade por muitas pessoas.

O programa vem ainda com dicas do que pode fazer bem para a nossa saúde. Aliás, para a saúde do cérebro. Diversas pesquisas mostram que determinados alimentos ajudam a atrasar a perda de memória, ou o surgimento do Alzheimer. O café da manhã é essencial.

Para manter o cérebro jovem, o esporte também é muito importante. Quem acompanha o Futurando sabe disso porque sempre trazemos pesquisas que reforçam essa afirmação. Dessa vez, a novidade é que manter o corpo ativo pode ajudar a desenvolver mais neurônios e, portanto, proteger contra a demência.
Você vai conhecer no Futurando a história de um homem que vive com microchips do tamanho de um grão de arroz implantados sob a pele. O alemão Ralf Neuhäuser diz que não faz mal à saúde. O último implante, inclusive, ele fez sozinho. Essa tecnologia tem diversas aplicações na rotina.

Outro destaque é a China. A nação tecnológica que monitora os moradores quer implementar até 2020 um sistema de pontos para avaliar a população. A ideia é dar compensações para quem tiver bom comportamento. O sistema deve reunir dados de saúde e finanças.

Também na China, vamos mostrar uma escola que acompanha quase todos os passos e rotina dos estudantes no período em que estão dentro da instituição. Do empréstimo de livros ao cardápio na cantina, um sistema de monitoramento consegue identificar os hábitos dos alunos para otimizar os serviços prestados pelo colégio.