Futurando - Edição de 21/07/2021 | DW Brasil | Notícias e análises do Brasil e do mundo | DW | 21.07.2021

Conheça a nova DW

Dê uma olhada exclusiva na versão beta da nova DW. Sua opinião nos ajudará a torná-la ainda melhor.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

Futurando - Edição de 21/07/2021

Como cientista brasileira trans se tornou professora nos EUA

Assistir ao vídeo 26:50

Veja os detalhes desta edição: 

- Cientista e trans: "Essas duas palavras não andavam juntas" - Cosmóloga e professora universitária nos Estados Unidos, Vivian Miranda relata desafios na trajetória para se tornar cientista: "Acreditei que teria que escolher um caminho e não ser as duas coisas."

- A corrida pela mineração de asteroides -  A mineração de metais como ouro, prata e platina destrói ecossistemas inteiros, comunidades e causa muito sofrimento. Mas isso pode mudar com a mineração espacial, mais precisamente de asteroides. Alguns asteroides têm até cem vezes mais metais do que tudo que já foi extraído da Terra. No entanto, ainda há alguns obstáculos a serem superados, como você pode ver no vídeo do Futurando. 


- Um asteroide pode se chocar com a Terra?  Em 2013 um asteroide explodiu sobre a cidade russa de Tscheljabinsk, deixando muitas pessoas feridas e causando danos à infraestrutura da cidade. Asteroides que passam próximos a Terra geralmente são monitorados. Mas há um ponto cego.


- Por que a extinção dos dinossauros é atribuída a um asteroide? Os dinossauros foram extintos após um asteroide colidir com a Terra, correto? Sim, embora por muito tempo tenhamos acreditado que a morte em massa dos animais tivesse sido consequência de atividade vulcânica. Não foi, e estudos mais recentes vão além. O impacto com o asteroide não só eliminou os dinossauros do planeta, mas provocou tsunamis e nuvens de poeira que cobriram o sol durante anos, como explica neste vídeo o paleontólogo Kai Jäger, da Universidade de Bonn, na Alemanha.