Futurando - Edição de 09/12/2020 | DW Brasil | Notícias e análises do Brasil e do mundo | DW | 08.12.2020

Conheça a nova DW

Dê uma olhada exclusiva na versão beta da nova DW. Sua opinião nos ajudará a torná-la ainda melhor.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

Futurando - Edição de 09/12/2020

Trem maia e a controversa rota através da história das Américas

Assistir ao vídeo 26:50

Veja os destaques desta edição: 

- Arqueólogos encontraram na pequena cidade de Guadalupe, em Honduras, peças que indicam que uma antiga civilização habitava a região. Segundo os pesquisadores, esse povo provavelmente fazia comércio com os Maias e tinha uma cultura própria. Com a ajuda dos moradores e de tecnologia de ponta, os cientistas estão desvendando os detalhes do assentamento. Veja no Futurando o que mais os arqueólogos descobriram.  

- Trem Maia: a linha ferroviária da discórdia. Lucro para uns, catástrofe para outros. A nova linha de trem com 1.500 quilômetros de ferrovia deve atrair muitos turistas e impulsionar a economia da região. No entanto, para isso, centenas de famílias terão as casas demolidas e serão realocadas. Além disso, a interferência humana em ecossistemas até então quase intocados pode levar à extinção de espécies e à degradação do meio ambiente. Veja no vídeo do Futurando os pontos positivos e negativos do projeto.

-  Como a música pode nos influenciar? A música tem um efeito no nosso corpo. Ela pode alterar até 50 parâmetros, desde batimentos cardíacos até ondas cerebrais. Pesquisam mostram que a escolha certa da música pode ajudar o comércio a fisgar clientes. E dependendo do estilo, os clientes estariam até dispostos a pagar mais. Veja no vídeo do Futurando.

- Como surgiu o ‘Efeito Mozart’ e como a música age no cérebro? Experimento feito em 1993 deu origem ao chamado ‘Efeito Mozart’ e levou o mundo todo a pensar que apenas ouvir Mozart poderia tornar uma pessoa mais inteligente. Veja os detalhes dessa história no vídeo do Futurando, e também como fazer música, e não apenas ouvir, pode impulsionar o aprendizado.