Futurando - Edição de 01/05/2019 | DW Brasil | Notícias e análises do Brasil e do mundo | DW | 30.04.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

Futurando - Edição de 01/05/2019

Cidades do futuro

Assistir ao vídeo 24:36

Cingapura, no sudeste asiático, segue uma tendência mundial: está crescendo para a cima, com arranha-céus que abrigam mais de nove mil moradores. Mas não são edifícios comuns. São construções preparadas para oferecer uma melhor qualidade de vida, mesmo com tantas pessoas vivendo perto umas das outras. Os detalhes sobre esse assunto você acompanha no Futurando desta semana.

Vamos explicar também como um americano conseguiu plantar verdura num arquipélago norueguês onde o que predomina na paisagem é um deserto de gelo. Benjamin Vidmar chega a dizer que prefere as temporadas com menos luz. Em Spitsbergen, no extremo norte do planeta, no inverno quase não há claridade do sol e, no verão, o sol brilha praticamente 24 horas por dia. Em condições tão extremas, produzir comida fresca é um desafio.

Dentro do tema alimentação, o Futurando vai explicar a importância de ingerir oleaginosas. Castanhas e nozes, por exemplo, podem diminuir o colesterol ruim (LDL) e, se consumidas da forma correta, até ajudar na prevenção de doenças cardiovasculares. Sem contar que auxiliam na perda de peso.

Você é do tipo que passa horas no celular? Cuidado porque as mídias sociais podem se tornar um vício como qualquer outro. Os sintomas são, inclusive, semelhantes e a pessoa dificilmente sabe reconhecer quando está utilizando o smartphone em excesso e quando o uso está dentro de um limite adequado. O ideal, no caso dos mais jovens, é que pais e professores orientem.

Quem é viciado em cigarro, não pode perder esta edição do Futurando porque vamos explicar se os cigarros eletrônicos são mesmo menos perigosos como muita gente imagina. Eles acabam sendo a opção para aqueles que fumam demais e não conseguem largar o vício. Mas jovens também estão fumando cigarros eletrônicos para evitar o tabaco, o que especialistas consideram preocupante.