Frutas: posso comer à vontade? | DW Brasil | Notícias e análises do Brasil e do mundo | DW | 15.12.2020

Conheça a nova DW

Dê uma olhada exclusiva na versão beta da nova DW. Sua opinião nos ajudará a torná-la ainda melhor.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

NOTÍCIAS

Frutas: posso comer à vontade?

Poder até pode, mas não é o mais aconselhado, especialmente as frutas com maior teor de açúcar na composição.

Comer frutas é saudável. Sim? Não? Claro que sim! A questão é que frutas, embora não se fale muito nisso, também possuem açúcar. Umas mais, outras menos. E isso faz com que o consumo "à vontade” deva ser, de certa forma, evitado. É preciso sempre ter em mente que o ideal é uma dieta equilibrada, sem excessos, como vamos mostrar no Futurando.

O mesmo vale para o sal. Já sabemos que a ingestão exagerada não faz bem. Mas também sabemos que ingerir sal é importante. Ou seja, o sal na quantidade correta ajuda o organismo a trabalhar de maneira eficiente. Nossos músculos, por exemplo, precisam de sódio, um dos componentes do sal.

Resumindo, temos que ter sempre cuidado com a nossa alimentação. O bom funcionamento dos órgãos depende daquilo que comemos e bebemos. Nesse caso, saber a origem de cada produto que acaba no nosso prato é essencial. Em Cingapura, a maior parte dos produtos de origem vegetal é importada. O que pode mudar em breve com um incentivo para que os moradores plantem suas próprias hortas.

Essa é uma saída, inclusive, para evitar o desperdício de comida. Muitos alimentos, por exemplo, não resistem a viagens longas, mesmo às vezes quimicamente preparados. No programa, você vai ver um projeto para evitar o desperdício de comida. O que representa uma contribuição também para o clima, já que recursos naturais empregados na produção dos alimentos são poupados.

Vamos levar você para conhecer uma cidadezinha de 10 mil habitantes na Finlândia que conseguiu diminuir em 80% as emissões de CO2. Qual será o segredo? O que funciona lá pode funcionar em outros lugares do mundo? Você fica sabendo no Futurando!