França impõe quarentena de 10 dias a viajantes do Brasil | Notícias internacionais e análises | DW | 18.04.2021

Conheça a nova DW

Dê uma olhada exclusiva na versão beta da nova DW. Sua opinião nos ajudará a torná-la ainda melhor.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Mundo

França impõe quarentena de 10 dias a viajantes do Brasil

Voos do território brasileiro serão retomados sob "medidas de segurança adicionais". Quem chega ao país de Argentina, Chile, África do Sul e Guiana Francesa também terá que ficar isolado.

Homem de máscara empurra carrinho em aeroporto

Medidas restritivas para viajantes são atribuídas a temor de novas variantes do coronavírus

A França obrigará viajantes do Brasil, Argentina, Chile e África do Sul a ficarem isolados por 10 dias, por medo da expansão de novas variantes do coronavírus, além de tornar mais rigorosas as condições de entrada no país.

O governo francês anunciou neste sábado (17/04) que a suspensão dos voos com o Brasil, vigente desde a última quarta-feira, vai durar pelo menos até a próxima sexta-feira, tempo necessário para permitir a retomada dos voos, "com medidas de segurança adicionais".

A partir do próximo sábado, apenas cidadãos franceses e seus cônjuges e filhos ou residentes poderão viajar a partir do Brasil.

Para entrar, será necessário apresentar antes do embarque um teste PCR negativo de 36 horas anteriores ao voo, ao invés de 72 horas, ou um PCR negativo das 72 horas anteriores, juntamente com um teste de antígeno de menos de 24 horas que será feito na chegada à França.

Quem chegar do Brasil deverá ficar obrigatoriamente isolado por 10 dias e haverá controles para garantir que a medida seja respeitada.

Lista poderá crescer

As mesmas medidas serão impostas gradualmente nos próximos dias aos viajantes de Argentina, Chile, África do Sul e Guiana Francesa, sendo aplicadas completamente a partir do próximo sábado. 

No comunicado, o governo francês informou que em breve outros países poderão ser acrescentados na lista.

Desde janeiro, a França tem restringido as condições de viagem com países fora da União Europeia, permitindo apenas a entrada de residentes ou por motivos de força maior e mediante apresentação PCR negativo, além da obrigatoriedade de quarentena de uma semana.

Agora, haverá um sistema de verificação antes do embarque para confirmar se o viajante tem um local adaptado para o isolamento de 10 dias, que pode ser controlado pelas autoridades policiais, que aplicarão multas caso a lei não seja respeitada. 

As autoridades sanitárias francesas registraram 35.861 novos casos de covid-19 no sábado. Cerca de 12.3 milhões de pessoas de uma população de 67 milhões já receberam pelo menos uma dose da vacina contra o coronavírus.

md (EFE, AFP, Reuters)