França em estado de alerta após atentado em Nice | Notícias internacionais e análises | DW | 30.10.2020

Conheça a nova DW

Dê uma olhada exclusiva na versão beta da nova DW. Sua opinião nos ajudará a torná-la ainda melhor.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

França em estado de alerta após atentado em Nice

[Vídeo] Três pessoas foram mortas em ataque a basílica no sul da França. Entre as vítimas está a brasileira Simone Barreto Silva, confirma o Ministério das Relações Exteriores do Brasil.

Assistir ao vídeo 02:14

O atentado ocorreu por volta das 9h da manhã (horário local), e acabou com três mortos, entre eles, a brasileira Simone Barreto Silva, de 44 anos, nascida em Salvador. Ela morava há 30 anos na França. O autor do atentado, que teria gritado "Allahu Akbar" (Deus é grande, em árabe) ao perpetrar o ataque, foi ferido a tiros pela polícia e levado a um hospital. O promotor antiterrorismo da França, Jean-François Ricard, disse que o suspeito é um cidadão tunisiano nascido em 1999. Macron anunciou que vai mais que dobrar o número de soldados destinados a proteger o país de atentados, aumentando o contingente dos atuais 3.000 para 7.000 militares, que serão enviados para proteger principalmente escolas e instituições religiosas.