Fracasso do Goleo gera crise em fabricante de brinquedos | Notícias internacionais e análises | DW | 16.05.2006
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Mundo

Fracasso do Goleo gera crise em fabricante de brinquedos

A empresa responsável pela produção do mascote da Copa enfrenta sérias dificuldades financeiras devido ao inesperado fracasso comercial dos bichos de pelúcia do Goleo. Nici estuda declarar insolvência.

default

O imprevisto fracasso comercial do mascote da Copa desencadeou crise financeira na fabricante de brinquedos Nici, que detém o direito exclusivo da produção do Goleo como bicho de pelúcia. A empresa discute a possibilidade de declarar insolvência, a três semanas do início dos jogos.

Na última sexta-feira (12/05), vieram a público as dificuldades de pagamento que a empresa de 400 empregados vêm enfrentando, especialmente em virtude da fabricação do Goleo de acordo com as medidas estabelecidas na licença.

Com a possível insolvência, a coordenação da firma espera conseguir reagir à situação e voltar a dar conta do trabalho. "Nici tem um alto valor de mercado e um livro de encomendas bastante cheio", diz Uwe Klimach, do setor de marketing. O fechamento da empresa não está nos planos, a medida é estratégia para sair da crise.

Nici fabrica bonecos do mascote da Copa em diversos tamanhos e por diversos preços: do chaveiro de 12 centímetros ao bicho de pelúcia de dois metros. A empresa ainda não consegue especificar por que Goleo não caiu no gosto da população, mas a figura do mascote ainda é alvo de brincadeiras na mídia e nas ruas.

O apresentador de TV Thomas Gottschalk pergunta a seus espectadores se a avó do Goleo não era um lhama, e muito ainda se discute sobre o fato de o leão não usar calças. Mais recentemente, a revista Der Spiegel publicou um artigo dizendo que o mascote merecia uma multa por sua burrice. Parece que o Goleo vai continuar enfrentando dificuldades para agradar os torcedores de futebol.

Links relacionados:

Leia mais