Forte terremoto atinge Atenas | Notícias internacionais e análises | DW | 19.07.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Grécia

Forte terremoto atinge Atenas

Moradores correram para as ruas após tremor de magnitude 5,1, com epicentro a 23 quilômetros da capital grega. Conexões de telefone e celular entraram em colapso. Não há relatos de vítimas.

Moradores de Atenas na praça Syntagma após terremoto

Moradores de Atenas foram para a praça Syntagma após prédios serem evacuados

Um terremoto de magnitude 5,1 na escala Richter foi sentido nesta sexta-feira (19/07) em Atenas, interrompendo serviços de telefonia e energia, danificando alguns prédio abandonados e levando moradores  a correr para as ruas em pânico. Não há relatos de mortes ou ferimentos graves.

O epicentro do tremor ocorreu 23 quilômetros a noroeste de Atenas, a uma profundidade de 13 quilômetros. Agências internacionais afirmam que o tremor ocorreu por volta das 14h no horário local (9h em Brasília). Ao menos três réplicas foram sentidas após o terremoto.

Segundo a mídia, o tremor de terra foi sentido em toda a região da Ática, que engloba a cidade de Atenas e onde vive quase metade da população do país. Segundo autoridades, duas pessoas foram levemente feridas por escombros.

Na capital, as conexões de telefone e celular entraram em colapso, e houve quedas de energia, mas as conexões de internet continuaram funcionando. Engenheiros estão verificando se há danos estruturais em edifícios.

A Acrópole, um complexo de antigas construções localizado numa colina na capital, se manteve intacta, segundo as autoridades.

De acordo com a estação de televisão estatal ERT, a brigada de incêndio resgatou cerca de uma dezena de pessoas presas em elevadores. Muitas pessoas correram para as ruas depois do terremoto.

Enquanto o Instituto de Geodinâmica da Grécia afirmou que a magnitude do terremoto foi de 5,1, o Instituto Geológico dos Estados Unidos falou em 5,3.

Devido ao movimento das placas tectônicas, os terremotos ocorrem repetidamente na região do Mediterrâneo. Na Grécia, há terremotos frequentes, mas eles raramente fazem vítimas. Em 1999, 143 pessoas morreram devido a um terremoto de magnitude 5,9 na escala Richter, que atingiu Atenas e a região a noroeste da capital.

CA/lusa/afp/ap/rtr

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | App | Instagram | Newsletter

Leia mais